E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Ministra quer reduzir prazo dos processos de cidadania italiana
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Na contramão dos projetos que sugerem limitar os direitos dos italianos no Exterior, a ministra do Interior, Luciana Lamorgese, encomendou um estudo para anular o decreto criado pelo seu antecessor, líder da Liga, Matteo Salvini.

Instituído no inicio de dezembro de 2019, o “Decreto Salvini” aumentou de 200 para 250 euros a taxa para atribuição da cidadania italiana por matrimônio, tanto no próprio país como na rede consular, e elevou de 24 para 48 meses (quatro anos) o período máximo de tramitação do pedido.

Exame a lingua italiana
Outra medida imposta pelo decreto foi a exigência do conhecimento prévio do idioma por meio de um teste de proficiência.

O candidato à naturalização precisa atingir, no mínimo, o nível B1 — o que equivale ao intermediário — para que o processo seja finalizado.

A regra vale tanto para quem mora no país europeu quanto para os que deram início à naturalização italiana na Brasil.

Agora, Lamorgese quer retornar ao padrão anterior e reduzir o processo burocrático de obtenção da cidadania de 4 para 2 anos e extinguir a necessidade do diploma de italiano.

O texto está pronto para ser enviado ao parlamento, mas a pandemia do Covid-19 atrasou a decisão.

http://www.benditacidadania.com.br

Editorias: Cultura e Lazer  Negócios  Serviços  Sociedade  Turismo  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Bendita Cidadania   
Contato: Alessandra Cambiaghi  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.