E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Imposto de Renda: Restituição é uma grande dúvida da população
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

O prazo para entrega da declaração anual de Imposto de Renda (IR) se encerra no dia 31 de maio. A data também marca o início da distribuição dos lotes de restituição pela Receita Federal, devidos àqueles que, no decorrer do ano, pagaram mais impostos do que deveriam. As distribuições dos lotes seguem no decorrer de todo o ano.
A restituição do Imposto de Renda 2023 começa em maio e será paga em cinco lotes até setembro. Sendo o primeiro dia 31 de maio, o segundo dia 30 de junho, o terceiro dia 31 de julho, o quarto dia 31 de agosto e o quinto dia 29 de setembro de 2023.
Segundo a coordenadora do curso de ciências contábeis da Estácio, Cristina Barbosa dos Santos, a restituição do Imposto de Renda é feita para as pessoas que tiveram o seu imposto retido na fonte. “O valor da contribuição é descontado automaticamente da remuneração de quem recebe mais de R$ 1.903,66. Esse desconto é de, no mínimo, 7,5% do salário líquido do trabalhador”, explica.
Cristina conta que se a Receita Federal (RF) constatar que a cobrança de impostos foi superior à necessária, o cidadão é recompensado com a restituição do Imposto de Renda. Por isso, ele tem o direito de ter uma parte desse dinheiro de volta. “A RF identifica que o cidadão contribuiu com mais impostos do que deveria. Por isso, ele tem o direito de ter uma parte desse dinheiro de volta”, garante a contadora.
A restituição do Imposto de Renda, de acordo com a docente, depende diretamente dos ganhos e despesas do contribuinte. “Isso acontece porque ele efetua o pagamento mensalmente ao longo do ano, por meio do que conhecemos como imposto retido na fonte. Assim, ao declarar seus rendimentos e gastos, a Receita Federal analisará e definirá se cabe ou não a restituição”, cita.
“Sendo assim, quanto maior forem os custos que o contribuinte teve durante esse tempo, maior será o valor restituído. Dessa forma, o trabalhador que teve seu imposto retido na fonte, e a contribuição foi superior à esperada, terá direito à restituição”, completa.
A docente da Estácio preparou 6 informações importantes para a restituição do Imposto de Renda deste ano, confira:
1- Neste ano, quem usar a pré-preenchida pelo acesso ao sistema gov.br (O contribuinte precisa ter nível de segurança \"prata\" ou \"ouro\") é incluído na lista de grupos com prioridade no recebimento da restituição;

2- A partir deste ano, é possível receber a restituição do Imposto de Renda por Pix informado no ato do preenchimento, além do tradicional depósito bancário.

3- Os rendimentos de pensão alimentícia deixam de ser informados na ficha \"Rendimentos Tributáveis Recebidos de PF/Exterior\" e passam a ser preenchidos na ficha \"Rendimentos Isentos e Não Tributáveis” Para informar a pensão, clique em \"Novo\" e escolha o código \"28 - Pensão alimentícia.

4- Outra novidade é a possibilidade de o contribuinte permitir que outra pessoa acesse a declaração pré-preenchida para checar, corrigir ou incluir dados e prestar informações à Receita. A autorização pode ser feita pelo aplicativo \"Meu Imposto de Renda\" e pela plataforma digital e-CAC. É possível receber até cinco autorizações. A mudança auxilia profissionais, como contadores, e quem preenche a declaração para familiares.

5- Os investidores na Bolsa só precisam informar operações na declaração se tiverem negociado mais de R$ 40 mil, ou se tiveram lucro com pelo menos uma venda em 2022.

6- Em 2023, para quem usa a pré-preenchida, o programa \"importa\" todos os investimentos em criptoativos. A facilidade importa os dados independentemente do saldo, com base nos informes enviados pelas empresas, conforme a Instrução Normativa 1.888/2019. A mudança implica no fim do limite mínimo anterior de R$ 5.000 que obrigava a informar esses investimentos.

NAF
Centro Universitário Estácio Goiás oferece orientação gratuita para a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), por meio do Núcleo de Apoio Fiscal (NAF). O contato pode ser realizado por meio do Instagram @nafestaciogo e e-mail naf.go@estacio.br, sendo para Goiânia e outras regiões do Estado.

Editorias: Educação  Sociedade  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Guilherme de Melo  
Contato: Guilherme  
Telefone: 62-30971406-00

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.