E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Com valores cada vez mais acessíveis, cresce número de brasileiros que optam pela cremação
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Procedimento é considerado prático, ecologicamente seguro e acessível e pode ser usado para óbitos relacionados à Covid-19
Procedimento é considerado prático, ecologicamente seguro e acessível e pode ser usado para óbitos relacionados à Covid-19

Mesmo antes da pandemia de Covid-19, o procedimento de cremação vem sendo uma prática em crescimento em todo o país. No último ano, foi registrado um aumento de 9% da demanda das famílias que procuraram o serviço, de acordo com dados do setor funerário. Motivos como a segurança, custo-benefício e impacto ambiental estão entre os mais apontados. Segundo as autoridades sanitárias, os corpos de pessoas que morreram por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, devem ser cremados ou sepultados sem a realização de velório. Atualmente, o Brasil conta com mais de 100 crematórios.

Para o diretor de Necrópoles do Grupo Zelo, Roberto Resende Toledo, a busca pela cremação ocorre pois essa opção “torna possível criar um momento único para homenagear o ente querido ou depositar as cinzas, preservando a memória daqueles que já se foram”. O grupo atende a mais de 600 cidades em todo o país, destacando-se, sua atuação nos estados de Minas Gerais, Espirito Santo e Rio de Janeiro.

Nesta entrevista, Toledo esclarece as maiores dúvidas sobre o procedimento de cremação e as principais vantagens desse processo que é prático, ecologicamente adequado e financeiramente acessível.

Antes da cremação
Quem pode fazer a opção pela cremação? O agente funerário pergunta sobre a opção. Caso o cliente tenha deixado registrado o desejo ele inicia o processo. Caso o cliente não tenha deixado registrado, familiares responsáveis podem tomar a decisão.

Como e em que momento a cremação é autorizada? Para que a creamação seja possível, a declaração de óbito deverá ser assinada por dois médicos ou um médico legista. Os cartórios onde são registrados os óbitos verificarão se a causa do óbito não é óbice para cremação, emitindo então a certidão de óbito ou guia de cremação, indicando que o corpo será cremado e qual a localidade o crematório.

A cremação inviabiliza a realização do velório? Não. Após ser feita a opção pela cremação, o velório acontece normalmente, e a família recebe toda assistência necessária. Após, pode ocorrer uma cerimônia de despedida final.

Onde será realizada a cremação? E quem pode retirar as cinzas? A cremação é realizada em um dos crematórios do Grupo Zelo. São dois crematórios na região metropolitana de Belo Horizonte e mais um no estado do Rio de Janeiro. Com relação às cinzas, o responsável pela retirada é a pessoa indicada no momento da contratação.

O corpo é cremado assim que chega à funerária? Não. O corpo só pode ser cremado depois de 24 horas da declaração do óbito. Por solicitação dos responsáveis, o tempo poderá ser ampliado.

O procedimento
Como é o processo de cremação? A tampa da urna é retirada, assim como todas peças de metal e plástico que compõem a peça. Este processo evita contaminação das cinzas. Em seguida, o corpo dentro da urna é levado ao forno numa temperatura que pode chegar a 1.200 graus. O processo pode levar até duas horas e meia dependendo das medidas e peso do corpo. Após a cremação, o que sobra são as cinzas da urna e os ossos do corpo. Este material é depositado em uma gaveta devidamente identificada até esfriar. Os ossos passam um processo de gramaturação, que representará as cinzas, que são acondicionadas em um plástico que vai dentro da urna cineraria, que fica à disposição para ser retirado pela pessoa responsável. Em casos específicos pode ser despachado.

A família pode acompanhar o processo de cremação? Não. A cremação é um processo extremamente técnico, com normas de segurança rígidas. No ambiente onde ficam os crematórios só é permitida a entrada de funcionários autorizados, além de ser obrigatório o uso de equipamentos de segurança. Nossos colaboradores estão aptos a explicar todas as etapas do processo, que é conduzido com rígidas normas de segurança.

Como sei que são as cinzas do meu ente querido? O Grupo Zelo segue rigorosos padrões de segurança, apenas um corpo é cremado de cada vez. Além disso, após terminado o procedimento, as cinzas são catalogadas e identificadas para serem corretamente devolvidas ao responsável, que fará sua retirada.

Vantagens da Cremação
Quais as vantagens da cremação? Praticidade: Liberdade para escolher o destino das cinzas (columbário, residência…); Custos: Elimina custos de manutenção com jazigo particular; Dignidade: O destino das cinzas é dado pelo ente querido; Proximidade: Você tem a possibilidade de receber as cinzas do seu ente querido; Sustentabilidade ecológica: A cremação é uma escolha sustentável; Memória: Você pode homenagear seu ente querido com as cinzas.

A cremação é uma opção acessível? Sim, você pode optar por um plano com esta opção. A longo prazo a cremação é uma opção mais econômica. Se, no sepultamento, é preciso pagar uma taxa de manutenção do jazigo durante muitos anos, com a cremação não há essa necessidade, afinal, as cinzas podem ficar juntas aos entes queridos ou ser espargida onde e como a família desejar.

Como adquirir o serviço de cremação?
A alternativa que tem se tornado mais comum é incluir a cremação como uma opção de cobertura para plano funerário. Ao escolher uma empresa, é importante observar a estrutura da atendimento disponibilizada para garantir a prestação do serviço. O Grupo Zelo oferece em todas as regiões em que atua a opção de incluir a cremação no plano por um acréscimo de 10 reais na mensalidade e, dependendo do plano, este valor cobre toda a família.

A escolha
Quais religiões permitem a cremação? A cremação é uma escolha, o desejo do cliente e de sua família será respeitado. Atualmente, a maioria das religiões aceita o procedimento, como a Igreja Católica, maioria das igrejas evangélicas e espíritas, dentre outros.

Como falar para minha família sobre a minha escolha? Apesar da morte ser uma coisa natural, muitas vezes é difícil abordar o tema, principalmente porque há muitos tabus a respeito do assunto em nossa cultura. Por isso, é preciso estimular o diálogo de forma respeitosa, abordando os diversos aspectos do tema, como religião/espiritualidade, tradições familiares, aspectos financeiros, etc. Sabemos que esse é um diálogo necessário, ainda que muitas vezes seja difícil, mas sempre respeitando as escolhas e vontades de cada um.

Em que casos a cremação é vedada? Em casos onde o falecimento tenha ocorrido por morte violenta, ou seja, homicídio, suicídio, acidente de trânsito ou qualquer tipo de morte sob suspeita.

Sobre o Grupo Zelo
O Grupo Zelo nasceu em 2017, com a aquisição da Funerária Bom Jesus e da carteira de clientes das empresas Santa Clara, Santa Rita e Bom Pastor. Teve as suas atividades iniciadas no mercado funerário de Minas Gerais em conformidade com a Lei Federal 13.261/2006, que dispõe sobre a normatização, a fiscalização e a comercialização de planos de assistência funerária em âmbito nacional.

Em apenas dois anos, o Grupo Zelo aumentou sua área de atuação de 15 para 40 cidades. Ampliou o número de 350 para 1.300 colaboradores. E aumentou seu número de clientes de 500 mil para 1,5 milhão de associados. De lá para cá, o Grupo cresce continuamente com foco na oferta de estrutura completa para o atendimento, do início ao fim, de serviços de assistência funerária.

A empresa mineira já é uma das maiores do setor e segue investindo em gestão e inovação como nenhuma outra. Mensalmente, realiza aproximadamente mil serviços – ornamentação, traslado, cremação, sepultamento, manutenção de jazigos, tanatopraxia e venda de urnas - com índice de satisfação de 95% apontado pelos seus clientes.

O Grupo Zelo atende a mais de 600 cidades em todo o país e está presente em 40 cidades em três estados. Conta com uma frota de 250 veículos diversificados em funerários, administrativos, comerciais, manutenção, suporte a família, ônibus e caminhões.

Para garantir a prestação do serviço funerário, com qualidade e excelência, através de um atendimento humanizado e profissional e assegurar a satisfação total dos clientes, o Grupo Zelo utiliza um moderno sistema integrado de serviços, planos e cemitérios, com gestão integrada de controle de folha, estoque, ativos e demais processos. As tecnologias implantadas garantem também o sistema de roteirização de frota e de atendimento eletrônico de clientes.

Editorias: Economia  Negócios  Sociedade  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: ETC Comunicação  
Contato: Luciana ETC Comunicação  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.