E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Artemisia firma parcerias para acelerar, gratuitamente, negócios de impacto social focados em Saúde Pública e Habitação
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

✓ Resultado da parceria com o Instituto Sabin, o Artemisia Lab – Desafios da Saúde Pública está com as inscrições abertas até 10 de setembro. O Lab Habitação: Inovação e Moradia, por sua vez, é resultado da parceria com a Gerdau e conta com o apoio do Instituto Vedacit, Eternit e Grupo Tigre – por meio do Instituto Carlos Roberto Hansen, braço social da empresa. As inscrições estão abertas até 24 de setembro.
Para ambos processos de aceleração de curto prazo, as inscrições são gratuitas.

São Paulo, 5 de setembro de 2018 – Porta de entrada para serviços médicos destinados a 70% dos brasileiros, o Sistema Único de Saúde tem se mostrado ineficiente diante do imenso contingente de pacientes. Entre os usuários é alto o grau de insatisfação com as longas filas; a demora para o atendimento e agendamento de exames; problemas no acesso a medicamentos; falta de acompanhamento adequado a grupos de risco e portadores de doenças crônicas; falta de apoio à qualificação de profissionais que atuam na área; ineficiência no uso de dados e na integração de sistemas; dificuldades na prevenção e promoção da saúde básica. Quando a análise recai para o setor da habitação, vê-se que há um déficit de moradia de 7,7 milhões que impacta a vida de 33 milhões de brasileiros; 40% dos domicílios são considerados inadequados, ou seja, sem coleta de lixo, rede de esgoto e água, ventilação e iluminação adequados. Em resposta a esses problemas que afligem principalmente a população de menor renda, empreendedores têm apresentado soluções inovadoras para melhorar a qualidade de vida desses cidadãos.

Com o sonho de contribuir para que 100% dos brasileiros possam viver com dignidade e poder de escolha, a Artemisia firmou parceiras para apoiar empreendedores de impacto social que estão atuando na redução dos problemas. Entre as iniciativas mais recentes, destaque para dois processos de seleção de empreendedores: Artemisia Lab – Desafios da Saúde Pública e Lab Habitação: Inovação e Moradia.

Segundo Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia, a organização enxerga a necessidade latente de apoiar negócios de impacto com soluções inovadoras voltadas à resolução de alguns dos grandes desafios públicos dos setores de saúde e habitação. “Com esse olhar sobre os problemas e as oportunidades, vamos dar suporte as startups que apresentem potencial de impactar positivamente milhões de brasileiros e brasileiras”, avalia a executiva. E acrescenta: “um dos objetivos dos programas é apoiar uma nova geração de empreendedores que olhem para desafios complexos e tragam soluções inovadoras para velhos problemas.”

Artemisia Lab – Desafios da Saúde Pública
Para apoiar empreendedores de impacto social que estão atuando na redução dos problemas relacionados aos serviços de saúde para a população brasileira, a Artemisia e o Instituto Sabin anunciam o Artemisia Lab – Desafios da Saúde Pública, programa gratuito de aceleração de curto prazo que vai selecionar até 15 negócios em estágio inicial para uma jornada de aceleração de seis semanas. Dos negócios que serão selecionados, os três que apresentarem melhor desempenho ao longo da aceleração receberão mentorias extras. O programa conta com workshops presenciais e webinares (encontros online), tendo como base a metodologia exclusiva de aceleração da Artemisia, pioneira no apoio a negócios de impacto social no Brasil.

Sobre o perfil de soluções e empreendedores, a busca recai por produtos e serviços focados no setor de saúde, com soluções que possam complementar, qualificar ou ampliar o acesso aos serviços público do setor. Estão qualificados, especialmente, empreendedores dispostos a analisar diferentes modelos de negócio (B2C, B2B ou B2G) – mesmo que ainda não tenham relação com a esfera pública–; e empreendedores dispostos a ampliar a visão de impacto para uma futura atuação em parceria com o setor público.

Entre as soluções que conversam com os desafios do setor de saúde para a baixa renda, a Artemisia destaca: comunicação entre pacientes e serviços de saúde (triagem, agendamento de consultas e exames, lembretes, acesso à informação, respostas a dúvidas); acesso a medicamentos (apoio à gestão de demanda, estocagem, distribuição de medicamentos); acompanhamento de grupos de risco (focadas em pacientes de doenças crônicas, idosos e grupos vulneráveis como gestantes e crianças); qualificação de profissionais de saúde (cursos/treinamentos presenciais ou à distância que qualifiquem profissionais do setor de saúde ou gestores públicos da área); uso de dados e integração dos sistemas (que integrem diferentes sistemas utilizados no setor público e/ou melhorem a análise de dados gerados); utilização de recursos públicos (soluções de apoio à gestão e/ou eficiência e transparência na aplicação de recursos na área da saúde); prevenção e promoção da saúde (soluções focadas nos agentes comunitários de saúde para atendimentos básicos e/ou que apoiem medidas de prevenção de epidemias por alertas, campanhas de vacinação); e inovação e tecnologia na área da saúde (tecnologias que tragam melhorias e agilidade aos serviços de saúde, como exames de imagem, prescrição médica digital).

Os empreendedores selecionados serão potencializados com base na metodologia exclusiva de aceleração da Artemisia, tendo acesso à curadoria de ferramentas e conteúdos; conexão com outros empreendedores do setor; e mentorias com especialistas em negócio, impacto social e Saúde. Ao final do programa, os participantes terão maior clareza sobre os próximos passos do seu negócio para que avancem no desenvolvimento de aspectos fundamentais e estejam mais preparados para crescer e gerar impacto social no setor atuante. Os empreendedores que concluírem o programa também passam a fazer parte da Rede Artemisia e terão acesso permanente à equipe e eventos da Artemisia no setor de saúde.
As inscrições estão abertas até 10 de setembro pelo site http://www.artemisia.org.br/labsaude


Lab Habitação: Inovação e Moradia
Artemisia e Gerdau – com o apoio do Instituto Vedacit, Eternit e Grupo Tigre (por meio do Instituto Carlos Roberto Hansen, braço social da empresa) – anunciam as inscrições para o programa de aceleração de curto prazo que irá potencializar negócios de impacto social com soluções inovadoras no setor de habitação. Serão selecionados até 15 startups para uma jornada de seis semanas, que conta com uma programação composta por workshops presenciais e webinares (encontros online) com foco no refinamento do modelo de negócio e do impacto social das soluções. As inscrições são gratuitas e estão abertas até 24 de setembro; os empreendedores podem fazer a inscrição pelo site http://www.artemisia.org.br/labhabitacao.

Para o Lab Habitação: Inovação e Moradia, as organizações estão em busca de empreendedores de todo o Brasil, que tenham negócios de impacto social inovadores e que estejam alinhados aos temas: acesso à moradia de qualidade; acesso a microcrédito habitacional; reformas habitacionais; empregabilidade na construção civil; gestão de condomínios de habitação popular; água e saneamento; energia; infraestrutura e melhoria de espaço público; e inovação na construção civil. O Lab Habitação: Inovação e Moradia foi planejadO para potencializar soluções que já tenham protótipo desenvolvido, em fase de validação da proposta de valor e do modelo de negócios, e que tenham potencial e intencionalidade para gerar impacto social positivo.

Entre os critérios de seleção, o impacto social (empreendedores com produtos ou serviços para resolução de questões relacionadas aos desafios da moradia com foco na melhoria da qualidade de vida da população de baixa renda); perfil empreendedor (pessoas que sonham grande e tenham intenção genuína de mudar o Brasil, com histórico de realizações e capacidade para atrair talentos e desenvolver equipe consistente; potencial de escala (modelos de negócio lucrativos que ofereçam soluções com potencial de atender uma grande parcela de pessoas das classes C, D e E); estágio de maturidade (startups com protótipo ou produto/serviço desenvolvido, que estão em fase de validação da proposta de valor e do modelo de negócios); e potencial de inovação (capacidade de entregar soluções inovadoras com potencial de promover qualidade de vida para população de baixa renda brasileira por meio de soluções em habitação). É essencial a disponibilidade de pelo menos um representante do negócio para participar de todos os dias de workshops presenciais.

A busca recai para startups alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Erradicação da Pobreza (ODS 1); Água Potável e Saneamento (ODS 6); Energia Acessível e Limpa (ODS 7); Indústria, Inovação e Infraestrutura (ODS 9); e Cidades e Comunidades Sustentáveis (ODS 11). Os empreendedores selecionados serão potencializados com base na metodologia exclusiva de aceleração de curto prazo da Artemisia, tendo acesso à curadoria de ferramentas e conteúdos; conexão com outros empreendedores do setor; e mentorias com especialistas em negócio, impacto social e habitação. Entre os mentores, estarão algumas das altas lideranças das empresas correalizadoras do programa. O objetivo é que os participantes saiam do programa com maior clareza sobre os próximos passos do seu negócio para que avancem no desenvolvimento de aspectos fundamentais e estejam mais preparados para crescer e gerar impacto social no setor atuante. Os empreendedores que concluírem o programa também passam a fazer parte da Rede Artemisia. Os negócios que se destacarem ao longo do processo – até três startups – poderão receber capital semente e mentorias extras.


ARTEMISIA
A Artemisia é uma organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil. A organização apoia negócios voltados à população de baixa renda, que criam soluções para problemas socioambientais e provocam impacto social positivo por meio de sua atividade principal. Sua missão é identificar e potencializar empreendedores(as) e negócios de impacto social que sejam referência na construção de um Brasil mais ético e justo. A organização já acelerou mais de 100 negócios de impacto social no Brasil e capacitou outros 300 em seus diferentes programas. Fundada em 2004 pela Potencia Ventures, possui atuação nacional e escritório em São Paulo. http://www.artemisia.org.br



MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
Assessoria de imprensa da Artemisia
Betânia Lins betania.lins@gmail.com
Celular: (11) 9 7338-3879

Editorias: Economia  Negócios  Serviços  Saúde  Terceiro Setor  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Betânia Lins  
Contato: Betânia Lins  
Telefone: 11-9 7338387-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype: betanialins2
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.