E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   
Notícias de eventos culturais, lançamentos etc.



Pesquisa




Mercado de locação de imóveis residenciais começa o ano em alta em Campinas
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Mercado de locação de imóveis residenciais começa o ano em alta em Campinas
...

Campinas, 28 de janeiro de 2020 - A aproximação do inicio do ano letivo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na PUCCampinas e nos cursinhos preparatórios - em fevereiro – já tem forte reflexo no mercado imobiliário de Campinas. O ingresso de cerca de sete mil universitários, uma grande maioria de outras cidades deve provocar um aumento de até 35% no número de contrato de locações de imóveis residenciais na cidade. A boa notícia para quem já está em busca de uma casa ou apartamento é que o valor se manteve estável em relação ao ano passado.

O movimento de procura e negociações teve inicio neste mês de janeiro e deve se estender até a primeira quinzena de março, segundo avaliação do Vice-Presidente de Locação da Associação Regional da Construção de Campinas e Região (Habicamp) Douglas Vargas.

Um levantamento realizado pela entidade indica que a Unicamp deverá receber aproximadamente de 2,5 mil estudantes aprovados nos vestibulares, enquanto a PUCCampinas oferece outras 4,5 mil vagas. Juntam-se a este contingente de novos universitários um número expressivo de estudantes que chegam á cidade para fazer cursinhos preparatórios.

Segundo o Vice-Presidente da Habicamp, com a crise econômica dos últimos anos, o valor de locação imobiliária em Campinas se manteve estável de 2019 para 2020. A estabilidade também se deve ao grande número de imóveis fechados, o que força o proprietário a manter o preço e negociar valores para poder locar a casa ou apartamento.

Vargas explica que existe vários produtos e faixas de preços disponíveis para os estudantes. Como exemplo, ele cita uma kitnet na região central, com valores que vão de R$ 550 a R$ 700, dependendo da locação. Apartamentos de um dormitório, por exemplo, podem ser locados na faixa de R$ 800 a R$ 1,2 mil, enquanto os de dois dormitórios são locados com preços entre R$ 900 e R$ 1,5 mil. “Hoje, temos um preço médio entre R$ 20 a R$ 25 o metro quadrado”.

Outra boa notícia para quem está em busca de imóvel é o valor total da locação, composto pelo valor do aluguel, condomínio e mais o IPTU. Uma kitnet, por exemplo, está sendo locada por R$ 1.000, com o “pacote completo”. “Você pode encontrar valores de aluguel diferente em uma mesma região, mas quando coloca todos os custos, vai chegar a um valor médio semelhante”, explica Vargas. “Hoje o cliente vê o valor total a ser pago na hora de fechar o contrato”, complementa.

REGIÕES
O mercado de locação para estudantes e universitários tem se definido a cada ano em Campinas. Quem chega a cidade para fazer cursinho preparatório tem optado por imóveis localizados nas regiões Central, Cambuí e Taquaral, próximas aos estabelecimentos de ensino.

No caso dos universitários, os bairros mais solicitados estão próximos a Barão Geraldo, Cidade Universitária e Mansões Santo Antônio, que contam com total infraestrutura e permitem facilidade no deslocamento dos alunos.

Editorias: Construção e Arquitetura  Economia  Imóveis  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Comunicação Estratégica Campinas  
Contato: Marcelo Francisco de Oliveira  
Telefone: 19-32034787-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.