E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Sex Toys: Como Deixar A Vergonha De Lado
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Sex Toys: Como Deixar A Vergonha De Lado
...

Apesar da venda dos vibradores e dos masturbadores terem disparado no isolamento social, muitas pessoas ainda se sentem intimidadas, confusas e assustadas em relação aos sex toys.

Esta questão é totalmente compreensível, já que a sexualidade e a masturbação ainda são tratadas como tabu por grande parte, envolve vergonha e outros fatores pessoais e únicos para cada um. No entanto, com informação de qualidade é possível desmistificar o uso dos sex toys.


Como deixar a vergonha de lado para usar sex toys

O primeiro passo é pensar sobre o assunto de forma clara e objetiva, entender a anatomia corporal e enxergar os sex toys de acordo com a sua funcionalidade de maneira prática.

Desta forma, podemos desvincular os brinquedos de atos que sejam vergonhosos e negativos. Esses conceitos não são atrelados aos sex toys, mas estão na cabeça de cada um.

Portanto, mudando a mentalidade, será possível deixar a vergonha de lado independente da orientação sexual, gênero, religião ou qualquer aspecto único de cada pessoa.

Um vibrador não deveria carregar estigmas, mas ser aproveitado de acordo com a intenção de cada um. Quanto mais naturalizar os brinquedos, menos vergonhoso será usá-lo.


Sex toy pode ser usado por todos

Por exemplo, um dos maiores mitos sobre os sex toys envolve promiscuidade, por isso, muita gente se afasta da ideia de usar.

Também não queremos afirmar que promiscuidade seja algo negativo, mas separar estas ideias, já que os brinquedos podem ser usados por todos e por pessoas com preferências e hábitos sexuais diferentes.

Pode ser usado solteiros que buscam sexo casual com parceiro/as, como por casais em um relacionamento monogâmico e convencional.


Sex toys são neutros

É preciso entender que os brinquedos não estimulam atos, mas são acessórios que servem cada pessoa de acordo com as suas vontades. São objetos.


Não é ligado a gênero

Além disso, os sex toys não são ligados a gêneros, apesar de terem alguns que foram projetados para usar em clitóris ou pênis.

Afinal, pode ter uma pessoa que tenha clitóris, mas não se identifique com o gênero feminino. No entanto, o vibrador para estímulo para clitóris continuará funcionando pelo simples fato de ser projetado para essa anatomia específica.


Tem para todos os gostos

Hoje em dia, é possível escolher sex toys para vários gostos. Se não gosta da ideia da masturbação, tem acessórios que melhoram a penetração, por exemplo.


Sex toy não compete com uma pessoa

Outro argumento negativo fica em relação a pessoas em relacionamentos ficarem com medo de descobrirem que o sex toy é bom demais, não querer mais fazer sexo com a pessoa ou ficar com ciúme.

É preciso pensar que um sex toy nunca competirá com o sexo feito com outra pessoa, pelo simples fato de ser um acessório/objeto apenas.

Um brinquedo não substitui o afeto, o toque da pele, dos beijos, criatividade, erotismo, da autonomia dos atos e dos sentimentos que uma pessoa real proporciona. Ele serve a um propósito e tem como objetivo melhorar o que já existe.


~~ Sobre a Litoral Moda Íntima ~~

Há mais de 10 anos no mercado, a Litoral Moda Íntima trabalha todos os dias para ser a melhor empresa para você! Oferecendo produtos de alta qualidade com preços acessíveis.

Gostou? Quer saber mais? Acesse: http://www.litoralmodaintima.com.br

Editorias: Feminina  Masculino  Negócios  Serviços  GLTB  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: TMJ Marketing para E-commerce  
Contato: Bruno Galdino Santana  
Telefone: 13-34536804-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.