E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




“Afrotravessia” é o tema da instalação da artista visual Cecília Calaça que está exposta no Espaço Meio Fio de Pesquisa e Ação do Campus Fortaleza do IFCE
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
No chão da instalação, embaixo de cada par de fôrmas, há um alguidar (vasilha circular feita de cerâmica)
No chão da instalação, embaixo de cada par de fôrmas, há um alguidar (vasilha circular feita de cerâmica)

A exposição reúne o trabalho de outros nove artistas e ficará aberta até o dia 20 de dezembro

O Grupo Meio Fio Pesquisa e Ação do Campus Fortaleza do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE está com a exposição: “Terraplanagem”, que reúne o trabalho de 10 artistas, no Espaço de mesmo nome, que fica na Rua Humberto de Campos, 936, em São João do Tauape. A mostra está aberta a visitação pública até o dia 20 de dezembro, de segunda a quinta-feira, das 14 às 17 horas. Segundo seus curadores Ana Cecília Soares e Rafael Escócio: “Terraplanagem é o ponto de partida para um espaço arado conjuntamente com os seus e com os próximos que estão a caminho no tempo histórico e subjetivo“,
Os visitantes terão a oportunidade de apreciar a produção artística de Cecília Calaça, Coletivo DIABA4, Herbert Rolim, Júnior Pimenta, Matheus Matos, Mayara Pontes, Narah Adjane, Nivardo Victoriano, Núbia Agustinha, Renata Santiago e Rogeane Oliveira.
O Espaço Meio Fio Pesquisa e Ação é um local dedicado à diferentes linhas de pesquisa : ensino da Arte, história/crítica da Arte, multiculturalismo, curadoria e poéticas visuais contemporâneas em conformidade com as práticas de ensino, pesquisa e extensão do IFCE. O lugar é composto por uma biblioteca com publicações especializadas em artes visuais e áreas relacionadas, mesa de estudo e reuniões, espaço expositor (galeria de bolso), oficina, laboratório de fotografia analógica e espaço relacional.
AFROTRAVESSIA
Um dos trabalhos artísticos que podem ser vistos na exposição Terraplanagem é a instalação Afrotravessia da pesquisadora e artista visual Maria Cecília Calaça, que tem como tema a travessia do Oceano Atlântico pelas populações de africanos escravizados, presos e acorrentados nos porões dos navios tumbeiros.
Segundo Maria Cecília a obra foi concebida a partir da saga das populações de africanos sequestrados que viam diante de seus olhos uma imensidão de água salgada que não findava no horizonte. Ela explica que ao serem embargados como cargas vivas, eram despojadas de seus pertences e levavam consigo apenas memórias registradas nas mentes e nos corpos – verdadeiros repositórios de histórias e culturas milenares que constitui uma inesgotável fonte de conhecimentos, fazeres e técnicas ancestrais.



“Contudo a maioria das pessoas que jaziam nos navios não tiveram escolhas e a triste travessia para dezenas, centenas e milhares de homens, mulheres, velhos, jovens e crianças significou seus últimos momentos de existência”, relata a artista.

Maria Cecília Calaça criou no espaço Meio Fio Pesquisa e Ação uma obra/instalação baseada nessa saga. Para isso, utilizou fôrmas de madeira para fazer calçados suspensas por correntes e cordas. No chão, embaixo de cada par de fôrmas, há um alguidar (vasilha circular feita de cerâmica) com água do mar e areia no fundo, evocando o Oceano Atlântico. Focos luz projetam sombras das fôrmas nas paredes.
Fonte: Artista Visual e pesquisadora Profa. Dra. Maria Cecília Felix Calaça – telefone: (5585) 9698-5155
Informações com Galática Comunicação, Sonia Avallone, telefone: (5511) 96034-2858, Wini Sabino, telefone: (5511) 98105-9557, e-mail: galatica@terra.com.br

Ficha técnica
Exposição: Terraplanagem que marca a abertura oficial do Espaço Meio Fio de Pesquisa e Ação do Campus Fortaleza do UFCE
Curadoria - Ana Cecília Soares e Rafael Escócio.
Nomes dos Artistas que fazem parte do Grupo Meio Fio de Pesquisa e Ação que estão expondo na Terraplanagem: Cecília Calaça, Coletivo DIABA4, Herbert Rolim, Júnior Pimenta, Matheus Matos, Mayara Pontes, Narah Adjane, Nivardo Victoriano, Núbia Agustinha, Renata Santiago e Rogeane Oliveira
Aberta a visitação de segunda à quinta-feira, das 14 às 17 horas, até o dia 20 de dezembro.
Endereço do Espaço Meio Fio de Pesquisa e Ação: Rua Humberto de Campos, 936 - São João do Tauape.

Editorias: Cultura e Lazer  Sociedade  Terceiro Setor  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Sonia Avallone  
Contato: Sonia Maria Avallone Jirge  
Telefone: 11--

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype: soniamariaavallonejorge
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.