E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Oportunidades e novas práticas agronômicas são temas de palestras on-line da AEAARP
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Palestrantes da Semana de Agronomia
Palestrantes da Semana de Agronomia

Desenvolver a agricultura com sustentabilidade, integrando as pessoas ao meio-ambiente, garantindo a preservação dos recursos naturais é a proposta dos temas que serão abordados na 14ª Semana de Agronomia a Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP), realizada de 23 a 25 de junho. As palestras serão on-line e poderão ser assistidas na página do Facebook da AEAARP e pelo canal da AEAARP no Youtube.

No primeiro dia do evento, 23, a ética e a arte no paisagismo serão abordadas pelo paisagista Raul Cânovas. “O paisagismo constitui um lado essencial para as pessoas e faz parte da nossa existência por meio da vegetação e dos componentes arquitetônicos”, argumenta Raul. Segundo ele, é uma ocupação que requer técnica e, o mais importante, um comprometimento moral com o meio ambiente e com o bem-estar do ser humano.

Cânovas defende que a relevância do tema está centrada, não apenas na profissão de agronomia, mas em como devemos nos posicionar perante a vida. “Quando falamos de paisagismo não é apenas algo que contemplamos através de uma janela e sim algo para ser vivido, já que estamos inseridos no meio dessa paisagem. É algo para ser ouvido, gostado, cheirado, tocado e profundamente sentido”, afirma. O paisagista é de uma família que atua na área de jardinagem e de projetos paisagísticos há 111 anos e já projetou e/ou executou mais de 2.800 jardins.

A engenheira agrônoma Katia Goldschmidt Beltrame, da MK2R Soluções em Compostagem, falará sobre compostagem e suas vantagens no dia 24. Segundo ela, a compostagem, processo bio-oxidativo controlado da matéria orgânica, é uma ferramenta essencial para a preservação do meio ambiente, na medida em que usa como matéria prima resíduos de outras linhas de produção, evitando seu envio para lixões e/ou aterros. “O composto orgânico resultante do processo é utilizado em diversas atividades agrícolas, além de ser fundamental para a reposição da matéria orgânica nos solos tropicais cultivados”, explica Katia.

O manejo adequado da matéria orgânica dos solos agrícolas possibilita, entre outros benefícios, a redução do uso de fertilizantes importados, com a consequente diminuição de custos e dependência de insumos do exterior, e o aumento da rentabilidade das lavouras. “Saber proceder à compostagem de maneira eficiente tornou-se uma qualificação extremamente valorizada para profissionais, como engenheiros agrônomos e engenheiros ambientais, que entendem seus mecanismos e suas vantagens como a melhor ferramenta para integrar a preservação ambiental e a agricultura”, ressalta a engenheira agrônoma.

A palestra “As tecnologias de Comunicação e Informação integrando a nova perspectiva de desenvolvimento da agropecuária e do agronegócio mundial” do engenheiro agrônomo Pierre Santos Vilela, assessor do Conselho Deliberativo no Sebrae Minas, finaliza a semana, no dia 25.  Pierri discutirá as áreas ou segmentos do agronegócio onde a inovação tem avançado, quais as tecnologias que têm se mostrado mais promissoras, as necessidades ainda não atendidas, além dos principais gargalos enfrentados pela cadeia produtiva e empreendedores que pretendem investir em tecnologia para o agronegócio.

De acordo com ele, as tecnologias de Comunicação e Informação trazem nova perspectiva de desenvolvimento da agropecuária e do agronegócio mundial, permitindo maior produtividade – demanda crescente de alimentos – e qualidade – atendendo às exigências dos consumidores modernos. Constituídas de recursos integrados por meio de software, hardware e telecomunicações, essas tecnologias podem automatizar e facilitar a produção agrícola, desenvolver novos insumos, facilitar o comércio e distribuição de produtos, dentre outras aplicações, melhorando a oferta de produtos com qualidade, segurança e menor custo. “É um campo relativamente novo e fundamental para o futuro dos profissionais que atuam no agronegócio, mas exige conhecimento e multidisciplinariedade”, ressalta.

No entanto, acrescenta o engenheiro agrônomo, no Brasil há gargalos importantes que restringem a penetração e disseminação dessas tecnologias no campo, limitando seu potencial a poucos produtores. “Reduzir esses gargalos e compreender a estrutura e a dinâmica da agropecuária nacional serão fundamentais para que mais empreendedores atuem no desenvolvimento de novas tecnologias e que mais produtores se apropriem dessas oportunidades”, afirma.

A Semana de Agronomia é voltada para profissionais e estudantes da área e têm o apoio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA/SP). As palestras acontecem sempre às 19h e serão apresentadas pelo engenheiro agrônomo Alexandre Garcia Tazinaffo, coordenador do evento. As inscrições devem ser feitas no Portal da AEAARP, no link http://www.aeaarp.org.br/eventos.

Agenda
14ª Semana de Agronomia AEAARP
De 23 a 25 de junho
Transmissão on-line pela página do Facebook da AEAARP (facebook.com/aeaarp/)
Inscrições: http://www.aeaarp.org.br/eventos

Editorias:   Ciência e Tecnologia  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Texto & Cia Comunicação  
Contato: Daniela Antunes e Blanche Amancio  
Telefone: 16-39162840-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter: http://twitter.com/https://twitter.com/textocia
Facebook: https://www.facebook.com/TextoComunicacao
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.