E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Médico alerta para agravamento de doenças de pele causadas por estresse pelo isolamento social
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Weber Coelho, dermatologista
Weber Coelho, dermatologista

Seis diferentes doenças de pele têm chamado a atenção de dermatologistas durante a pandemia provocada pelo coronavírus. Segundo o médico Weber Coelho, aumentou significativamente a procura por atendimento médico para casos de agravamento de cinco doenças de pele agravadas por alterações emocionais: herpes simples, psoríase, dermatite seborreia, rosácea e vitiligo. “São doenças que têm significativa piora em situações de alteração emocional, como ansiedade, depressão ou estresse e mesmo por tristeza”, alerta.

O cenário é corroborado pela pesquisa da Universidade Estadual do Rio de Janeiro publicada na principal revista científica internacional – The Lancet – apontando que casos de depressão, na pandemia, aumentaram 90%, e os casos de estresse e ansiedade mais que dobraram.

Mestre em Dermatologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, Weber Coelho relata que a pesquisa é uma radiografia do que está ocorrendo no consultório médico. “As doenças de pele sensíveis às alterações emocionais estão aumentando significativamente nas consultas médicas com o agravamento da pandemia”. Ele alerta que em caso de piora dessas doenças de pele, a pessoa deve procurar atendimento especializado. “O cenário da pandemia de COVID-19 avança no país e a insegurança, o medo a falta de perspectiva são motivos apontados nas conversas em consultório que colaboram para prejudicar o equilíbrio emocional e, por consequência, a saúde em geral”, explica.

“Tenho ouvido casos de pessoas que se sentem bem em casa, cumprindo o isolamento social, mas, ainda assim, relatam piora das doenças de pele. Isso mostra que é bem provável que elas estejam vivendo uma alteração emocional que deve ser monitorada”, diz.

Outro alerta é para que as pessoas evitem a automedicação. O dermatologista ressalta que aqueles pacientes que já vêm tratando de alguma dessas doenças em casa, com medicação receitada por médico, não devem aumentar as doses porque isso já é considerado automedicação. “A dosagem de medicamentos só pode ser indicada e, se for o caso, alterada pelo médico. O risco para a saúde do paciente que aumenta doses por conta própria em virtude do agravamento do problema é alto, especialmente considerando o momento de possível alteração emocional como consequência do isolamento social”, explica.

Como se manifesta cada doença:

Herpes simples - doença viral da pele e mucosas, causado pelo vírus herpes simples.  Pode causar vesículas com vermelhidão e sensação de ardência e dor. Geralmente nos lábios, mas pode acometer outras áreas, como a pele, couro cabeludo, genitália e olhos.   Extremamente associada com estresse e ansiedade.

Psoríase - doença inflamatória da pele com manchas vermelhas, descamativas. Pode acometer pele, couro cabeludo, unhas e até causar artrite. Apresenta-se piorada com aumento da ansiedade e estresse.

Dermatite seborreia - conhecida popularmente como caspa. Apresenta lesões descamativas no couro cabeludo, atrás das orelhas, borda do couro cabeludo e na face. Apresenta-se com prurido e descamação.  Geralmente piora com estresse, ansiedade, depressão e tristeza.

Rosácea - doença inflamatória da pele, caracterizada por vermelhidão e lesões papulosas semelhantes a acne.  Piora com o calor, frio e estresse.

Vitiligo - doença de causa pouco conhecida, que leva à perda da cor da pele, formando manchas brancas. Pode acometer qualquer localização da pele.  Extremamente ligada ao emocional, depressão, estresse e ansiedade.

Queda de cabelos - existem muitas causas para queda capilar e várias doenças associadas.  Uma causa muito ligada à queda excessiva dos cabelos é o estresse.

Weber Soares Coelho
É mestre em Dermatologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, dermatologista pela SBD-Sociedade Brasileira de Dermatologia, membro efetivo da SBD-Sociedade Brasileira de Dermatologia e membro da SBCD-Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Editorias: Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Texto & Cia Comunicação  
Contato: Daniela Antunes e Blanche Amancio  
Telefone: 16-39162840-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter: http://twitter.com/https://twitter.com/textocia
Facebook: https://www.facebook.com/TextoComunicacao
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.