E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Padre Bento – O Santo de Itu na glória da caridade
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Busto do Padre Bento - uma homenagem do povo ituano ao apóstolo da caridade.
Busto do Padre Bento - uma homenagem do povo ituano ao apóstolo da caridade.

Tradicionalmente, Itu comemora a Semana Padre Bento entre 11 a 17 de setembro de cada ano para rememorar sua trajetória de vida santa entre nós.
O servo de Deus Padre Bento Dias Pacheco nasceu em 17 de setembro de 1819, na Fazenda da Ponte, situada na comarca de Itu.

A vida do Padre Bento entre os leprosos de Itu é um dos milagres mais espantosos que o Brasil já apresentou ao Vaticano, no seu processo para se tornar Santo da Igreja Católica. A Europa já teve o seu grande herói da caridade na pessoa do Padre Damião, o sacerdote belga que viveu entre os leprosos na distante ilha Molokai e morreu da doença e foi canonizado.

Padre Bento já é Santo e muito Santo, no conceito popular, no meio de seus conterrâneos e de inúmeros devotos que acreditam na bondade divina que o imunizou da lepra e de qualquer outra doença, pois ele veio ao mundo para salvar vidas. Será o Santo herói da caridade do século XIX que viveu 92 anos e dedicou 42 anos de sua vida no amparo aos leprosos.

Por conta da abundância de recursos financeiros, a família o incentivava aos estudos, desejando que se tornasse um doutor. Bento Dias Pacheco, entretanto, optou pelo sacerdócio, ordenando-se padre em 1840.

A sua maneira de tratar os escravos da região despertou a atenção das autoridades da comarca, que lhe convidaram para assumir o cargo de capelão do Hospital dos Lázaros (leprosos). Por duas vezes ele recusou o convite por conta do medo e do preconceito que existia à época em relação aos portadores da hanseníase.

Contudo, em 1869, Padre Bento decidiu se dedicar integralmente aos portadores do mal de Hansen (lepra), operando uma transformação profunda em sua vida. Vendeu todos os seus bens e distribuiu o dinheiro obtido aos pobres da região. Despediu-se de parentes e amigos, e foi morar na Chácara da Piedade, em Itu, local em que eram segregados os portadores da hanseníase.

O trabalho incessante de Padre Bento em prol desses necessitados perdurou, sem interrupções até o seu falecimento, em 6 de março de 1911, na mesma chácara em que morou por quarenta e dois anos. Hoje, seu túmulo encontra-se no interior da igreja da Paróquia Senhor do Horto e São Lázaro, no bairro que leva o seu nome, em Itu.

11/09/2021


http://www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br

Editorias: Cultura e Lazer  Religião e Espiritualidade  Turismo  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: www.grandeitu.com.br  
Contato: Raul Machado Carvalho  
Telefone: 11-55213483-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.