E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Itu, um passeio para todas as idades e gostos. No carnaval é especial
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Igrejas barrocas, casarios de estilo colonial, fazendas com casas feitas pelos bandeirantes, museus imperdíveis, histórias da República e o folclore das coisas grandes são as marcas que tornaram a Estância Turística de Itu, distante apenas 100 km de São Paulo, conhecida em todo o Brasil.

Itu, também chamada de “Roma brasileira”, pelas muitas igrejas construídas pelos ricos fazendeiros dos séculos XVIII e XIX, na época em que a economia da região girava em torno da cana de açúcar e do café, são exemplos vivos da religiosidade do povo ituano.

A igreja da Candelária, construída em 1780, é a Matriz de Itu. Seu altar mor é todo revestido em ouro. Outras igrejas como a do Carmo, do Patrocínio, do Bom Jesus, São Benedito, Santa Rita e São Luis Gonzaga constituem um patrimônio histórico que atrai o movimento de turismo religioso.

Um passeio de fim de semana pode dar uma idéia ao turista de como era a vida de uma cidade colonial em pleno século XXI. Hoje, moderna e agitada ela oferece uma rede hoteleira de alto nível e uma gastronomia que, em muitos restaurantes, flutua entre pratos sofisticados e a comida caipira.

As fazendas históricas são outras grandes atrações. Todas com casas-sede no estilo bandeirantista, em taipa de pilão. Elas se abriram para o turismo rural oferecendo uma culinária típica do interior e pousada em chalés que foram senzalas na época da escravidão. Ficam bem perto do centro de Itu e muitas delas oferecem cavalgadas. A Chácara do Rosário, por exemplo, tem um programa de cavalgada ao luar, uma vez por mês, nas noites de Lua cheia.

A Fazenda do Chocolate, na Estrada Parque, que liga Itu a Cabreúva, tem como atração para “os kids” um mini zoológico que encanta as crianças de apartamento que nunca viram de perto uma galinha ou uma vaca viva. A Fazenda Capoava é cinematográfica e trata com requinte seus visitantes.

Para variar, o Parque do Varvito é um passeio cultural onde se pode ver uma pedreira de rochas sedimentares que se formou há 230 milhões de anos pela passagem de geleiras pela região. Itu também teve dinossauros para combinar com o folclore das coisas grandes que caracterizam a cidade. Tudo porque um humorista ituano, Simplício, falava das maravilhas de Itu no programa “A Praça é Nossa do SBT. E, assim, Itu se tornou a capital do exagero no país.

O turismo cultural é amparado pelo grande número de museus. O maior deles é o Museu Republicano, no centro histórico, que registra a participação dos ituanos no movimento que derrubou a Monarquia e implantou a República no Brasil. Há também o Museu da Música, o Museu do Quartel, que guarda relíquias da Revolução de 1932 e da II Guerra Mundial.

O Museu da Energia mostra todo o processo da eletrificação da região e o Museu e Arquivo Histórico Municipal de Itu. Na Igreja do Bom Jesus há um museu católico. Na Santa Casa o museu lembra a medicina no início do século XX.

O folclore do “grande” é, talvez, a atração mais popular de Itu. Na praça central da cidade estão as lojas que vendem os objetos enormes, que a tornaram famosa em todo o Brasil. Distração para os mais idosos é uma visita aos antiquários da cidade, também no centro da cidade.

Quem puder dispor de um pouco mais de tempo tem a oportunidade de um passeio um pouco maior seguindo o Roteiro dos Bandeirantes, em homenagem à saga dos Bandeirantes nas beiras do rio Tietê, na histórica jornada em direção às minas de ouro no interior de Mato Grosso. O Roteiro sai de São Paulo passando por Santana do Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Cabreúva, Itu, Salto e Porto Feliz, de onde partiam as bandeiras e monções. Tudo por estrada turística asfaltada que margeia o Tietê rumo ao interior.

Por último vamos lembrar do atraente carnaval de Itu que se desenrolará em todos os dias da folia, de 22 a 25 de fevereiro, na Praça da Matriz, com bandas relembrando os antigos carnavais de marchinhas. É um carnaval família de grande sucesso em anos anteriores.

Com esse formato de evento, o objetivo da Prefeitura é reviver a cultura do carnaval de rua com famílias inteiras se divertindo gratuitamente. As tradicionais marchinhas, por exemplo, que surgiram no século 19, agradam famílias inteiras que vão à praça para cantar e dançar sucessos como A Jardineira, Aurora, Cidade Maravilhosa, Chiquita Bacana, Mamãe eu quero, Máscara Negra, Me dá um dinheiro aí, Ô Abre Alas, entre outros.



http://www.grandeitu.com.br
grandeitu@grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho - Editor

Editorias: Criança  Cultura e Lazer  Propaganda e Marketing  Terceira idade  Turismo  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: www.grandeitu.com.br  
Contato: Raul Machado Carvalho  
Telefone: 11-55213483-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.