DIA MUNDIAL DA SAÚDE MENTAL | Instituto Bem do Estar promove escuta empática no centro de São Paulo; a ação é alusiva ao Dia Mundial da Saúde Mental

| Em 8 de outubro, o Instituto Bem do Estar vai conduzir uma ação de conscientização sobre a importância da promoção da saúde da mente. Um grupo de voluntários da
organização não governamental – profissionais da área da saúde mental – realizará uma escuta empática no Elevado Presidente João Goulart (Minhocão), das 14 horas às 18 horas. A proposta do projeto Estar na Escuta é oferecer um espaço seguro e acolhedor para que as pessoas possam ser ouvidas sem julgamentos.


São Paulo | O Instituto Bem do Estar vai promover uma manhã de escuta empática, no domingo, 8 de outubro. Na prática, um grupo de voluntários da organização – psicólogos e estudantes de psicologia a partir do sexto semestre e psicanalistas – ficará à disposição de pessoas que queiram ser ouvidas em um espaço seguro, acolhedor e sem julgamento. A ação acontecerá no Elevado Presidente João Goulart, popularmente conhecido como Minhocão, na região central de São Paulo. De acordo com os organizadores do projeto Estar na Escuta, não se trata de uma sessão de psicoterapia, tampouco aconselhamento; a proposta é criar um momento de sensibilização individual para a importância de pensar e agir em prol da saúde da mente. A iniciativa é alusiva ao Dia Mundial da Saúde Mental (10/10).

Segundo Isabel Marçal, cofundadora do Instituto Bem do Estar, sabe-se que o processo de falar diante de uma escuta empática favorece o alívio de sentimentos disfuncionais, promove a organização dos pensamentos, o autoconhecimento e aumenta a sensação de bem-estar. “Um dos objetivos é desmistificar supostas certezas acerca da saúde mental. Embora o tema tenha se tornado frequente após a experiência da pandemia, ele ainda é cercado de preconceitos. Levar a escuta para o parque, tornando-a acessível a todos, é uma das formas de desconstruir esses tabus e mostrar que cuidar do mental é tão importante quanto os cuidados com a saúde física”, defende, acrescentando que a proposta central é desafiar as pessoas a mudar o próprio comportamento em relação à saúde da mente. “Queremos colaborar para a prevenção de doenças psicológicas e contribuir para criarmos uma sociedade mais consciente e saudável”, finaliza.

O projeto Estar na Escuta contará, ainda, com uma prática corporal composta de alongamento guiado e meditação conduzida por Pôla Neves – associada do Instituto Bem do Estar. “Embora seja óbvio que os sentimentos influenciam o movimento, não é tão óbvio que o movimento possa impactar os sentimentos. Por exemplo, quando uma pessoa está cansada ou triste, ela se move devagar; quando está ansiosa, o andar é mais rápido ou, em alguns casos, o indivíduo fica paralisado. Estudos têm mostrado que a conexão entre o cérebro e o corpo é uma via de mão dupla. A leitura disso é que o movimento pode mudar o nosso cérebro. É isso que queremos exercitar nessa dinâmica no Minhocão”, detalha.

Para o psicólogo clínico Ricardo Milito, diretor científico do Instituto Bem do Estar e que será um dos voluntários da escuta empática, escutar é construir pontes. “Falar cura e transforma. Na escuta empática, a pessoa recebe acolhimento, que a ajudará a perceber os próprios sentimentos e compreender suas necessidades. Escutar é estar com a outra pessoa onde ela está, acompanhando-a na experiência que ela tem naquele momento. Assim, ela passa a ressignificar e ter uma nova compreensão de suas memórias e vivências”, afirma.


SOBRE O INSTITUTO BEM DO ESTAR | Fundado em 2018, por Isabel Marçal e Milena Fanucchi, o Instituto Bem do Estar é um negócio social sem fins lucrativos, voltado à promoção da saúde da mente. Com o propósito de desafiar as pessoas a mudar o próprio comportamento em relação à saúde da mente, a organização colabora com a prevenção de doenças psicológicas e contribui para uma sociedade mais consciente e saudável. Para tal, possui três objetivos que visam à transformação social necessária a uma sociedade que está em falência emocional: CONSCIENTIZAR, informa a população sobre os cuidados para uma saúde da mente de qualidade, estimulando a busca pelo autoconhecimento e o despertar da empatia por meio de conteúdo digital, campanhas de conscientização, mostras e exposições culturais; CONECTAR, promove experiências do cuidado com a mente, proporcionando ferramentas que contribuem com o desenvolvimento socioemocional, individual e coletivo, por meio de atividades práticas, como vivências, workshops e palestras, além da divulgação de locais de atendimento terapêutico gratuitos ou por contribuição consciente; MOBILIZAR, envolve o contexto sobre saúde da mente e o impacto na sociedade, gerando estatísticas e articulando agentes públicos e privados, visando ao acesso a políticas públicas via pesquisas e práticas de advocacy. www.bemdoestar.org





MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
Frida Luna Boutique de Comunicação
Betânia Lins betania.lins@gmail.com
Celular: (11) 9 7338-3879

Editorias: Serviços  Saúde  Sociedade  Terceira idade  Terceiro Setor  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 28/09/23
Tags:
Informações para contato
Empresa: Betânia Lins  
Contato: Betânia Lins  
Telefone: 11-9 7338387-

E-mail: betania.lins@gmail.com
Skype: betanialins2
MSN: