Home  Imagens  Contato  Clássico    
Dispositivo médico que realiza exames físicos à distância pode reduzir em 4,51% o custo do paciente pediátrico, revela estudo
...

Um estudo apresentado no Congresso de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro, nos dias 14 e 15 de maio, mostrou que a utilização de dispositivos médicos que realizam exames físicos à distância em crianças e adolescentes podem reduzir o custo médio do paciente em 4,51%, na saúde suplementar. O estudo é uma iniciativa do Hospital Pequeno Príncipe (PR), que tem utilizado o TytoCare em estudos clínicos para a validação do dispositivo no Brasil, e da Tuinda Care, startup distribuidora da TytoCare no país.
A avaliação econômica considerou a perspectiva da Saúde Suplementar e estabeleceu um modelo de árvore de decisão, com os custos diretos assistenciais (medicamentos, exames laboratoriais, exames de imagem, custo de internação em leito geral e unidade de terapia intensiva/UTI) e dados clínicos do atendimento do TytoCare em um hospital filantrópico exclusivamente pediátrico. “Os parâmetros clínicos do modelo foram a capacidade diagnóstica do dispositivo, mortalidade intra-hospitalar, admissão à UTI e readmissão hospitalar. O desfecho composto de interesse do estudo foi ‘permanecer em casa, sem internação’”, explica o gerente do Núcleo de Pesquisa Clínica do Hospital Pequeno Príncipe, Fábio Motta, que também é autor do estudo.
A redução de custos sugerida pelo estudo considerou pacientes atendidos remotamente com o TytoCare, dispositivo que permite a comunicação entre as partes e a realização de exames físicos, como otoscopia, oroscopia, exame dermatológico simples e auscultas cardíaca e pulmonar, de qualquer lugar que tenha sinal de internet. Segundo um dos autores do estudo, Lucas Okumura, “a diferença de custos é atribuível à capacidade diagnóstica do dispositivo, que proporciona uma chance quatro vezes maior das crianças ou adolescentes ficarem em casa, sem necessidade de deslocamento hospitalar. Esta é uma tecnologia menos cara e mais efetiva”.
A análise do custo-efetividade do Tytocare na teleconsulta seguiu todas as exigências e critérios da International Society of Pharmacoeconomics Outcomes Research (ISPOR). Foram comparados um cenário com o dispositivo versus sem o dispositivo em pacientes pediátricos (

Editorias: Ciência e Tecnologia  Criança  Serviços  Saúde  Seguro e Previdência  
Tipo: Pauta  Data Publicação:

 
Fonte do release
Empresa: DOC Press  
Contato: Anadi Luchetti  
Telefone: 11-55338781-

E-mail: atendimento@docpress.com.br
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Enviar release