E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Situações desconfortáveis geram mudanças positivas
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

As adversidades nem sempre são agradáveis e acompanham o tão sonhado fluxo da vida, muitas vezes situações nada agradáveis e inesperadas podem surgir ao longo da nossa caminhada, sem serem programadas.

O cérebro humano é programado pelo subconsciente para preservar e nos defender a todo custo criando artifícios, por vezes disfarçado de diversão para fugirmos de um problema. Por isso, o fator psicológico é de suma importância em nossas vidas, pois ele é o responsável por manter a qualidade e o equilíbrio de nossas decisões que irão definir os rumos da nossa vida.

O filósofo e escritor israelense Gad Adler explica que é natural do ser humano resistir e levar certo tempo para digerir e se a adaptar com uma novidade apresentada pelo imprevisto, porém ressalta que momentos de adversidade são passageiros e essenciais para o desenvolvimento humano e a criação de novas oportunidades.

Grande parte da população prefere permanecer estacionados na zona de conforto, seja ela se apegando a um relacionamento amoroso que não tem mais futuro, ou em um emprego sem perspectivas de melhoria, ao invés de se reinventarem de riscos e incertezas, abrindo as portas para encarar uma gama de boas oportunidades.

Manter-se na zona de conforto por muito tempo é um preço alto a ser pago e nocivo, impede que o indivíduo se aventure em busca de crescimento. Um exemplo citado por Adler é que se o homem do período paleolítico não tivesse passado por dificuldades, jamais haveria saído da caverna em busca da sua evolução.

Tendemos a querer nos lembrar de apenas coisas boas como uma forma de anestesia e esquecer as ruins, essa artimanha do nosso cérebro em longo prazo pode se tornar o nosso inimigo e ao invés de nos ajudar, pode nos prejudicar bloqueando nossas ações diante da infinidade de possibilidades que o mundo oferece.

Não é necessário ser obcecado, mas a realização pessoal ou profissional, seja lá qual for o seu objetivo , virá através de pequenas conquistas diárias. Para se destacar em qual seja o setor é necessário motivação, equilíbrio emocional e persistência.

As memórias ruins devem nos servir como um combustível para que possamos tomar novas atitudes perante a vida, sem que a sensação de derrota, sentimento negativo e a depressão nos impeçam de sermos felizes.

Por isso, aprofunde seus conhecimentos, estude a situação com calma, tenha organização, se inove, busque parcerias, colaboradores, apoio, converse com outras pessoas e lembre-se que o mais importante é dar o primeiro passo para por seus ideais em prática.


Sobre o Autor:
Nascido em Jaffa, Israel, Gad Adler é filósofo, terapeuta motivacional e palestrante.Formado em Filosofia e História das Religiões pela Universidade de Tel Aviv, escreveu o livro “Você não pode tudo!Mas pode e merece ser feliz.“; é criador do método Melhor Maneira de aperfeiçoamento emocional para uma vida melhor, além de administrar o site:http://www.melhormaneira.com.br com conteúdo motivacional e que leva o mesmo nome da técnica.




Editorias: Ciência e Tecnologia  Religião e Espiritualidade  Saúde  Sociedade  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: A MELHOR MANEIRA  
Contato: IMPRENSA  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.