E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Como treinar neste novo tempo
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Estamos entendendo que a forma tradicional de realizar treinamentos mudou. Ficar dias inteiros em sala de aula pode não ser a forma mais eficaz de chegar aos objetivos. Talvez a única saudade desta época sejam os coffees que destruíam qualquer esforço de manter uma dieta.

E faz parte da evolução. Não podemos simplesmente falar agora que tudo o que foi feito até aqui estava errado. Tenho certeza de que você e eu aprendemos muitos nos inúmeros programas de treinamento. Agora, temos que rever. E está tudo bem.

Talvez para você que seja um especialista e ministre diversos temas para os mais variados níveis hierárquicos, já esteja entendendo à sua maneira como as coisas estão funcionando. E gostaria de compartilhar contigo algumas reflexões sobre treinamentos, principalmente neste formato on line. Vamos lá?

Planejamento: aprendemos que temos que nos organizar, mas temos que ir além. O ambiente de sala de aula se tornou exponencial e você não terá total controle. Aqui vale ressaltar a importância do propósito e objetivos de tais formações.

Improviso: parece contraditório com o item acima. Mas é isso mesmo! E tudo vai acontecer: o gato vai pular na frente do computador, a obra do vizinho...e também tem os treinandos, que vão deixar a câmera ligada sem perceber e fazer coisas no mínimo engraçadas. Se isto acontecer: não trave! Continue. Estamos no ambiente do outro e não há problema. É até um gatilho para quebrar o gelo e descontrair o treinamento.

Empatia e inclusão: deixa de ser apenas teoria, para ganhar um papel de destaque. E não estamos falando apenas de raça, etnias, etc - pela qual temos que falar e muito ainda. Agora, temos que ter respeito pelas pessoas que não são tecnológicas, que não possuem o hábito de ficar na frente do computador e outras inúmeras limitações. Sabedoria e paciência são palavras essenciais.

Outras reflexões importantes:

Ferramentas - qual devo usar? Não caia nesta armadilha. Faça pesquisa, experimente e principalmente veja aquela que está aderente a cultura e ao bolso da empresa. E fique tranquilx. Não existe a ferramenta perfeita e vai apresentar problemas no exato momento, fique muito de boa.
Qual é a melhor carga horária? Não existe uma regra, mas o que está se praticando muito por aí, são cerca de 3 horas, mas a melhor resposta é o público que você precisa conhecer. Tenha bom senso: não adianta ser lúdico em um treinamento no final do dia, onde o treinando está contando no relógio a hora para acabar, para começar a preparar o jantar.

Muuuitas ideias. Qual é a melhor? este bombardeio de insights, tanta coisa acontecendo, ferramentas, práticas, aí você sabe tudo e nada ao mesmo tempo, não vai dar conta, não entende...RESPIRA! Tente uma de cada vez e tenha certeza: nada mudou, você continua sendo capaz.

Dores: elas irão existir e você vai passar por elas. Terá a primeira vez, inseguranças, medos...faça! Não protele e nem fique com o pensamento de que não pode dar errado. Porque pode acontecer, mesmo com toda a preparação do mundo. Entenda que as pessoas também são generosas. Se você estiver com a energia e elas sentirem, vão entender sem problemas.

Para finalizar – e isto é para mim também – não se cobre tanto. Você também tem vários papéis, não é apenas o palestrante: é dono/dona de casa, pai e mãe em tempo integral, administrador de casa, dos vizinhos, resolver questões de família...caramba, você faz coisa hein?

Estamos em um processo de evolução. Estamos aprendendo e muito. E temos que ser muito gratos por esta nova oportunidade.

Tenha uma ótima semana.

Editorias: Educação  Internet  Serviços  Recursos Humanos  Sociedade  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: produz.guto  
Contato: produz.guto  
Telefone: 11-998345824-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.