E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Cão-guia x pessoas com deficiência visual: o déficit alarmante no Brasil
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

No mundo, estima-se que a cegueira afeta mais de 39 milhões de pessoas e 246 milhões tem perda moderada ou severa de visão, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). No Brasil existem mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, sendo 582 mil cegas e 6 milhões com baixa visão, segundo o último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Porém, o número de cães-guia em relação ao de pessoas com deficiência visual é extremamente baixo: existem menos de 200 cães no Brasil.

Apesar de ser uma necessidade não atendida, a relação entre pessoas cegas ou pessoas com baixa visão e cães-guias não é novidade: o primeiro registro conhecido é uma gravura presente nas ruínas romanas do século I da cidade de Heculaneum, na Idade Média.

Mas, o que causa o número reduzido? A ausência da cultura do cão-guia, motivada por algumas questões como o baixo investimento para o treinamento dos animais, é o principal fator de contribuição para o índice, mas a complexidade da formação do animal também pode ser um agravante.

Em locais como Brasil, Estados Unidos e Europa, leis garantem o direito da pessoa com deficiência visual de ingressar e de permanecer com o cão em todos os meios de transporte e em estabelecimentos abertos ao público e de uso privados de uso coletivo- Lei Nº 11.126, de 27 de junho de 2005 – fato esse considerado um avanço, mas que ainda assim frequentemente se depara com a falta de conhecimento e cumprimento da legislação.

Extensão do próprio corpo, o cão-guia pode mudar a vida da pessoa com deficiência visual. Segundo Murilo, estudante de Direito e usuário de cão-guia treinado pelo Instituto Magnus, além de dar mais autonomia e segurança para circular pela cidade, o cão também melhora a autoestima “A gente se sente confiante, se sente seguro sabendo que o cão vai desviar de qualquer obstáculo”, afirma.

Como podemos mudar essa realidade?

A disseminação da informação é o primeiro passo. Com o conhecimento da causa, a sociedade fica mais preparada para receber o cão-guia, seja como família socializadora participando diretamente do treinamento do cão na fase de socialização ou passando a informação para que as pessoas com deficiência visual procurem pelo serviço de entidades especializadas.

O Instituto Magnus é uma das instituições brasileiras que desde 2016 treina e doa os cães-guias às pessoas com deficiência visual que se enquadram nos requisitos necessários. Para 2020, está prevista a entrega de mais 18 cães-guias e esse número tende a crescer, pois a capacidade do Centro de Treinamento é de entregar 60 cães por ano.

O treinamento do cão-guia é extenso e complexo, e o aumento constante da fila de espera da instituição só prova que a pessoa com deficiência visual está, cada vez mais, em busca de uma melhor qualidade de vida e independência, por isso, o Instituto Magnus trabalha constantemente para treinar os cães diminuir essa diferença alarmante no Brasil.

Sobre o Instituto Magnus
Localizado em Salto de Pirapora, interior de São Paulo, o Instituto Magnus é uma iniciativa sem fins lucrativos, gerido pela empresa Adimax Pet. O trabalho do Instituto é contribuir para a inclusão social através do cão-guia em diversas esferas da sociedade, por isso, além do treinamento e entrega dos cães, suas atividades também são palestras informativas e educativas, vivências, dinâmicas de grupos e ações de divulgação para conscientização e engajamento de pessoas para a causa.

Instituto Magnus
Endereço: Estrada vicinal Antônio Militão, 122 – Parque Pirapora, Salto de Pirapora (SP).
Acesso: Pela Rodovia João Leme dos Santos, km 116, sentido Sorocaba a Salto de Pirapora. 900 metros de estrada de terra à direita após a passarela de pedestres.

Sobre a Adimax
Fundada em 2002, a Adimax tem a missão de promover o bem-estar animal, produzindo mais de 300 itens em diversas categorias. Entre as marcas de destaque estão a Fórmula Natural, Origens, Magnus e Qualidy. Com sede em Salto de Pirapora, interior de São Paulo, conta com mais três unidades fabris: Abreu e Lima (PE), Uberlândia (MG) e Goianápolis (GO), além de diversos centros de distribuição espalhados por todo o país. A instituição tem o engajamento com várias causas sociais, que fazem parte do seu propósito que é “Amparar idosos e pessoas com deficiência.”

Editorias: Animais  Educação  Sociedade  Terceiro Setor  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Renata da Silva Monteiro  
Contato: Renata da Silva Monteiro  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.