E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Corte esses três alimentos para perder peso
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Sem glúten
Sem glúten

Eliminar os alimentos inflamatórios fará uma grande diferença no seu organismo.

Por toda a vida, sempre prometemos a nós mesmos que vamos perder peso. Promessas vazias de fazer isso ou aquilo, comer isso ou aquilo, que nos levam a dietas sem fim e derrubam nossa autoestima.

Embora realmente acreditemos que para perder aquela barriguinha é necessário mais do que apenas mudar a alimentação, cortar os alimentos que mais causam inflamações podem definitivamente fazer uma grande diferença na maneira como nós nos sentimos, na nossa disposição e ainda nos ajudarão a perder um peso extra.

Eles podem não ser surpresa para você, mas experimente eliminá-los da sua dieta e sinta os resultados.

Glúten

Nos últimos tempos, cada vez mais pessoas têm se tornado sensíveis ao trigo. Isso porque o trigo de hoje é completamente diferente do trigo de 100 anos atrás. Ele tem um alto teor de glúten para que o pão fique macio, alto e bonito. E nos tornamos viciados nele.

Além disso, não utilizamos os grãos da mesma forma que utilizávamos no passado. Hoje apenas misturamos a farinha de trigo com água, fermento e sal, e com isso temos um delicioso pão. Mas não fazíamos assim. Antigamente, colocaríamos os grãos de trigo de molho em água para fermentar naturalmente. Dessa forma, as bactérias (lactobacilos e leveduras) presentes naturalmente no grão consumiriam o glúten.

O trigo na Europa contém 80% menos glúten do que o de outras regiões. Então, elimine o possível de trigo comum, processado e consuma grãos mais antigos, como quinua, amaranto ou outros tipos de trigo, como o sarraceno. E no caso do consumo do trigo tradicional, certifique-se de que é de qualidade, orgânico ou fermentado. Você sentirá seu organismo funcionando muito melhor.

Açúcar Refinado

O alto consumo de açúcar impacta diretamente a habilidade do organismo em regular o nível de açúcar no sangue e pode levar à resistência à insulina, hipo e hiperglicemia, pré-diabetes e diabetes. A variação do açúcar no sangue pode também danificar vasos sanguíneos e prejudicar a saúde do coração, nervos e olhos.

Suprime o sistema imunológico, reduzindo a atividade das células de defesa. Inibe a absorção de minerais, principalmente de magnésio, necessário para o funcionamento de todas as células do corpo e da absorção e utilização do cálcio.

O açúcar tem efeitos poderosos no humor e na saúde de longo prazo do cérebro. O metabolismo do açúcar requer a presença de vitamina B, o que pode levar a sua deficiência no organismo. A vitamina B é associada ao bom humor e combate irritação, depressão, fadiga, confusão mental, incapacidade de concentração e problemas de memória.

Laticínios

A evolução da nossa espécie tem sido a principal causa da destruição ambiental por toda nossa história e ainda continuamos prosseguindo sob a presunção descontrolada de que podemos controlar a natureza. Fazendas atualmente são fábricas, onde os animais nunca poderão vagar livremente e são alimentados com grandes quantidades de grãos geneticamente modificados e hormônios. Laticínios podem ser uma fonte saudável de gorduras e de proteínas, desde que produzidos em ambientes naturais.

Veja mais em http://www.restodonte.com.br/artigos/corte-esses-tres-alimentos-para-perder-peso .

Ao buscar uma redução de peso, aumentar sua disposição ou até reverter doenças crônicas, tudo deve começar pela alimentação. Eliminar esses alimentos pode ajudá-lo a conseguir grandes avanços.

Editorias: Alimentos  Gastronomia  Saúde  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Restodontê  
Contato: Rodrigo Silva  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.