E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Palestra sobre avc acontece no dia 27 de outubro no hospital caxias d’or
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Para chamar a atenção para os riscos do AVC e a diferença entre o isquêmico e o hemorrágico, o neurologista André Lima vai ministrar uma palestra no dia 27 de outubro, sábado, às 11h20, no auditório do 6º. andar do Hospital Caxias D’Or (Av. Brigadeiro Lima e Silva, 821 – Jardim Vinte e Cinco de Agosto – Duque de Caxias). A palestra fará parte de um encontro sobre Acidente Vascular Cerebral que acontecerá a partir das 10h30. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelos telefones: 3738-9800/97513- 2413 (whatsapp). Vagas limitadas.

Dia 29 de outubro é o Dia Mundial de Combate ao AVC. A doença atinge 6,5 milhões de pessoas no mundo, sendo a principal causa de incapacidade. Estatísticas brasileiras indicam que o AVC é responsável por 10% das causas de óbito na população adulta e também de um grande número de internações hospitalares públicas. O Brasil apresenta a quarta taxa de mortalidade por AVC entre os países da América Latina e Caribe.

Quais os sintomas e como combater

Também conhecido como derrame ou AVE, tem como principais sintomas dor de cabeça intensa que surge de repente, perda de sensibilidade de uma das partes do corpo, diminuição da força de um dos lados do corpo, alterações de visão, dificuldade para levantar o braço ou segurar objetos, rosto assimétrico, fala embolada ou lenta, tremores, sonolência ou perda de consciência, perda de memória e confusão mensal, náuseas e vômitos.

O socorro imediato pode reduzir ou atenuar as sequelas - até 4h30min após o início dos sintomas o paciente tem 30% mais de chances de obter bons resultados - que caso aconteçam serão tratadas com fisioterapia, sessões de terapia da fala e sessões de estimulação cognitiva. A cada minuto sem tratamento 1,9 milhão de neurônios são perdidos.

As pessoas com mais chances de ter um AVC são aquelas que têm excesso de peso, diabetes e pressão alta. Vale lembrar que o AVC também pode acontecer sem gerar qualquer sintoma visível, só sendo diagnosticado em exames realizados por outro motivo.

Ter uma alimentação saudável, evitar o fumo e o álcool, fazer exercícios físicos regularmente, manter o peso ideal, controlar o estresse, o diabetes, o colesterol e a pressão alta e dormir bem, são algumas dicas para diminuir o risco de infarto e AVC.

O AVC atinge mais o sexo masculino e está crescendo entre as mulheres, principalmente no período da menopausa. Existem dois tipos de AVC: o isquêmico, que corresponde a 85% dos casos, se dá pelo entupimento de um vaso que leva sangue ao cérebro, impedindo a passagem de oxigênio para os neurônios, causando sua morte. Já o hemorrágico, é causado pelo rompimento de um vaso sanguíneo causando sangramento no cérebro e pressão no crânio.

Editorias: Saúde  Terceira idade  
Tipo: Evento  Data Publicação:
Local a ser realizado: Duque de Caxias  Data a ser realizado: 27/10/18
Fonte do release
Empresa: Inês DellErba  
Contato: Inês Dell  
Telefone: 21-2540-5105-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.