E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




38 milhões de brasileiros invisíveis. Jovens estudantes fazem a sua parte
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

São 38 milhões de brasileiros invisíveis! José Luiz Portella, Doutor em História Econômica da Faculdade de Filosofia da USP, em entrevista recente ao Jornal USP - Pandemia evidencia dimensão da desigualdade social no País - fala sobre a necessidade urgente de políticas públicas que olhem para todos. Enquanto isso, a sociedade civil se organiza para ajudar quem mais precisa. Um grupo de estudantes dos 8º, 9º e 1º ano do ensino médio do Centro Educacional Pioneiro, na zona sul de São Paulo, cria campanha de incentivo à saúde da população com renda revertida (na 1ª etapa do projeto) em insumos alimentícios e de bem estar a 30 famílias em situação de vulnerabilidade que residem na zona sul de São Paulo.

“No Pioneiro sempre fomos incentivados a desenvolver projetos de cidadania e empreendedorismo. Quando o Brasil entrou na quarentena e vimos que não poderíamos continuar com projetos presenciais, fomos conversar com alguns professores que sempre nos ajudaram. Eles tiveram a ideia de aliarmos nosso trabalho com a saúde”, conta Cintia Fukuma, do 1º ano.

Foi então que o grupo criou o projeto #doe15minutos com página no Instagram e no Twitter. O projeto incentiva as pessoas a fazerem algum tipo de exercício diário por pelo menos 15 minutos, gravar em vídeo e enviar ao grupo. Cada 15 minutos vale um ponto que é revertido na mesma proporção ao real. O dinheiro arrecadado (por doadores anônimos) é usado em alimentos (leite, chocolate e biscoito) para as crianças das famílias assistidas.

Na primeira etapa do projeto, que se encerrou no último dia 10, os alunos conseguiram ajudar 30 famílias moradoras da comunidade com cobertores, cestas básicas, giz de cera e alimentos para as crianças. Os jovens agora se preparam para dar a largada do segundo round com a intenção de ampliar o projeto.

“Queremos cada vez menos a intervenção dos adultos, e cada vez mais engajar nossos colegas em nosso projeto. É muito gratificante esse trabalho. Conseguimos arrecadar R$ 899,00 e pretendemos ampliar a arrecadação, se tivermos mais colegas nos ajudando”, diz a aluna Mariana Canavarro, do 1º ano.

Editorias: Criança  Educação  Saúde  Teen  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: CGC Comunicação em Educação  
Contato: CGC Comunicação em Educação  
Telefone: 11-37221164-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype: cecilia.galvao10
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.