E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Como escolher a escola certa para seu filho
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Como escolher a escola certa para seu filho
...


No momento em que as instituições de ensino estão às voltas com a captação de novas matrículas, é importante que os pais ou responsáveis saibam exatamente com o que devem realmente se preocupar para fazer a melhor escolha. Para a pedagoga e psicoterapeuta Solange Véras Félix, diretora do Colégio Criando e Rindo – CCR Objetivo, de São Paulo, há bons caminhos nesse sentido, como a indicação de quem já é cliente da escola. “Tomar conhecimento da estrutura disponível, visitar a escola, também é fundamental. Da mesma forma, é de grande importância conhecer a proposta pedagógica, método de ensino, situação de regularidade do estabelecimento. Tudo isso são fatores decisivos, mas é preciso, primeiro, observar se por trás de tudo isso existe atenção, carinho, responsabilidade”, adverte.
Com 35 anos na área de ensino, 28 dos quais à frente do CCR, ela conta que é muito comum as pessoas optarem pela escola mais bonita, por aquela que fará inveja entre parentes e amigos, se esquecendo que quem irá estudar no estabelecimento, viver boa parte de suas vidas naquele local, é o aluno. Conhecer a escola que existe além das aparências é fundamental para uma decisão sobre a qual dificilmente haverá arrependimento no futuro, diz ela. Por isso é importante confiar na longevidade do estabelecimento, olhar a quantidade de alunos que por lá passaram. “Isso revela a experiência da escola”.
Para ajudar na escolha da melhor escolha, ela recomenda às pessoas que observem a empatia da criança em relação ao local. “É preciso que haja acolhimento, profissionais dedicados, que trabalhem com atenção e objetivos bem definidos. Uma escola precisa ter foco no aluno, ficar atenta inclusive à sua forma de agir, personalidade, comportamentos. Muitas vezes essa atenção em relação a esses detalhes pode fazer da escola o melhor aliado dos pais para a correção de eventuais problemas. A escola precisa ter um lado humano, afinal ela acaba orientando os alunos em relação às suas formações. Uma boa escola forma pessoas do bem, cidadãos”.
Com base em sua experiência, ela formulou algumas questões que devem ser vistas pelos pais na hora de escolher uma escola:

1. Que material didático é utilizado pela escola?
2. A escola realiza reuniões com pais e responsáveis com que frequência?
3. A escola atende individualmente as pessoas quando elas precisam falar sobre algum assunto?
4. A escola exige agendamento para poder atender às pessoas?
5. Que atividades a escola promove além das previstas na grade curricular?
6. A escola promove saídas e passeios com fins pedagógicos, como teatros, centros de ciência e tecnologia, museus etc.?
7. Como se dá o período de adaptação do aluno?
8. Se houver um imprevisto, como é feita a entrega da criança, como isso ocorre?
9. Quais são os critérios de avaliação dos alunos?
10. Existem atividades lúdicas, de entretenimento, esportes, artes?
11. Como a escola trata as várias faixas etárias? Há unidades específicas e separadas tendo em vista que os momentos são muito diferentes?
12. Como a escola trata os casos de indisciplina?
13. A escola possui reclamações em sites específicos e Procons?
14. Quais são os valores humanos que a escola leva em conta?
15. Qual a reputação da escola em sua comunidade?
16. A escola se preocupa em promover um ambiente agradável e de amizade entre os alunos?
17. O que a escola publica nas suas redes sociais?
“Vejam que todas essas questões são, na nossa avaliação, mais relevantes que outros fatores mais mensuráveis”, diz Solange. Segundo ela, se a todas essas questões houver respostas positivas, basta passar na sequência para os fatores que ela considera subjetivos, como estrutura, localização, preço etc.. Por fim ela recomenda cuidado em relação a ofertas mirabolantes e descontos muito altos, pois muitas vezes por uma diferença ínfima e olhando apenas esse critério muitos pais e responsáveis fazem péssimas escolhas.

Sobre o Colégio Criando e Rindo – CCR Objetivo
Fundado em 1991, o colégio nasceu como escola infantil e gradativamente cresceu até atender a crianças do berçário ao ensino médio, muitos em período integral. Situada na confluência dos bairros de Vila Carrão e Vila Formosa, o colégio tem 4 unidades, todas próprias e por seus bancos já passaram, ao longo de quase 3 décadas, milhares de alunos.

Editorias: Criança  Educação  Internet  Negócios  Religião e Espiritualidade  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Eastside23 Comunicação  
Contato: eleno mendonça  
Telefone: 11-996287294-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook: www.facebook.com/eastside23comunicacaocorporativa
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.