E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   
Notícias de eventos culturais, lançamentos etc.



Pesquisa




Você está protegido contra meningite?
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Meningite, Hospital Santa Clara, Dra. Cristiane Ferreira
Meningite, Hospital Santa Clara, Dra. Cristiane Ferreira

Em 2018, o Ministério da Saúde contabilizou 15.706 casos de meningite no Brasil. A doença, que é controlada no país, tem sido mais recorrente nos últimos anos, devido à falta de adesão da vacina por parte da população. A meningite é a inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, que pode ser causada por vírus, bactéria ou fungos.

A infectologista Dra. Simone Martins Ferreira explica que o risco de contrair meningite é maior entre crianças de um a cinco anos e que no Brasil, são registrados surtos e epidemias ocasionais. “A ocorrência das meningites virais é mais comum na primavera-verão e das bacterianas no outono-inverno”, afirma a especialista.

A transmissão bacteriana é a prevalente no Brasil e sua letalidade é de 20%. “A forma mais comum de transmissão da meningite bacteriana se dá de uma pessoa para outra por meio das vias respiratórias, por gotículas e secreções do nariz e da garganta”, esclarece a infectologista.

Os sintomas mais frequentes da doença são: febre, forte dor de cabeça, vômitos, sonolência e sintomas respiratórios. “Se o médico suspeita de meningite, ele solicita a coleta de amostras de sangue e líquido cerebroespinhal (líquor) e o laboratório então, testa as amostras. O início de antibióticos para meningite bacteriana é imediato.”, explica a médica Dra. Simone Ferreira.

A meningite é uma doença potencialmente grave e, portanto, necessita de avaliação e tratamento rápidos. “Devido à gravidade do quadro clínico, os casos suspeitos de meningite sempre são internados nos hospitais, por isso, ao se suspeitar de um caso, é urgente a procura por um pronto-socorro hospitalar para avaliação médica”, alerta a especialista.

“A principal forma de prevenir a meningite bacteriana é por meio da vacinação. As vacinas estão disponíveis para prevenção das principais causas de meningite bacteriana”, explica a médica. Ela esclarece que as vacinas disponíveis no calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização são:

- Vacina meningocócica conjugada sorogrupo C: protege contra a Doença Meningocócica causada pelo sorogrupo C;
- Vacina pneumocócica 10-valente (conjugada): protege contra as doenças invasivas causadas pelo Streptococcus pneumoniae, incluindo meningite.
- Pentavalente: protege contra as doenças invasivas causadas pelo Haemophilus influenzae sorotipo b, como meningite, e também contra a difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.

Além da vacinação em dia, a infectologista Simone Ferreira explica que outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

Editorias: Criança  Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Kompleta Comunicação  
Contato: Kompleta Comunicação  
Telefone: 34-3086616-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.