E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Semíramis Paterno é homenageada na 20ª FIL
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Semíramis Paterno
Semíramis Paterno

A ilustradora e escritora foi indicada como autora infantojuvenil da 20ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto, que acontece de 30 de maio a 7 de junho. A homenagem foi recebida por Semíramis com alegria. Ela já se programa para realizar atividades na Feira, incluindo participação no projeto Combinando Palavras

Ribeirão Preto (SP), 13 de fevereiro de 2020 – A Feira do Livro de Ribeirão Preto completa 20 anos nesta edição de 2020. A Fundação do Livro e Leitura, entidade organizadora, pretende realizar a festa literária histórica em grande estilo. A 20ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL) é a primeira chancelada como internacional e assume a nova marca criada recentemente para representar esse novo momento e abrangência do evento. Segundos os organizadores, os autores nacionais continuarão tendo seu lugar e importância nas homenagens em equilíbrio com nomes estrangeiros. É o caso de Semíramis Paterno, ilustradora de livros infantis e autora infantojuvenil homenageada da Feira. Semíramis já ilustrou mais de 100 livros de diferentes autores e editoras (didáticos ou literários), e participa desta edição da FIL para contar sua experiência com o universo das ilustrações e contações de histórias.

Ela morou em Ribeirão Preto quase a vida toda, mas não nasceu na cidade: é mineira, de Belo Horizonte, e se mudou para cá com apenas seis meses de idade. Hoje, diz que recebe a homenagem da Feira Internacional do Livro como uma demonstração de respeito, reconhecimento e consideração ao seu trabalho. “Embora Ribeirão não tenha sido minha cidade de nascimento, possibilitou-me crescer profissionalmente, aprender sempre e conviver com um grupo de colegas artistas de extraordinário talento, que estão sempre por perto, apoiando e me ensinando muitas coisas”, conta.

Para ela, o melhor de fazer parte de um projeto como a FIL e de ser uma das homenageadas é ver seu trabalho sendo lido, interpretado e contado pelas pessoas. “É incrível poder contemplar as inúmeras facetas que um livro proporciona e ver o resultado que desperta nas crianças ou mesmo nos adultos. A emoção ou a reflexão que cada imagem, ideia ou palavra provoca em cada um. Esse é o melhor presente”.

Trajetória da autora
Semíramis Paterno tem uma paixão: a contação de histórias e afirma que começou cedo. “Eu sempre gostei muito de ler e meus pais sempre me incentivaram a fazer isso. Me lembro do meu pai chegando em casa com livros para ele e para nós [os quatro irmãos]. Líamos animadamente”, recorda. E, para além das histórias, o que a encantavam também eram as ilustrações, que acabaram guiando completamente seu rumo profissional: “No fim, penso que toda essa trajetória me formou ilustradora e contadora de histórias de imagem e de texto”.

Com uma vasta quantidade de livros ilustrados lançados, não é uma surpresa descobrir que seu talento já se mostrava desde pequena. “Nessa época eu já contava histórias para minhas bonecas e construía objetos de papelão (pássaros que batiam asas, casas mobiliadas dentro de caixas de camisa do meu pai e outras ‘invencionices’), e também costurava roupas para minhas bonecas e as fazia desfilar”.

De sua infância artística, evoluiu para uma adolescência movimentada: fazia aulas de desenho desde os 12 anos com um pintor italiano, e começou a trabalhar em uma empresa de Publicidade e Propaganda aos 15. Depois, cursando arquitetura em São Paulo, chegou a trabalhar durante dois anos com o grande ilustrador Ziraldo e seu irmão Zélio, quando fez estágio no estúdio deles. “Eles me ensinaram generosamente tudo sobre livros e ilustrações e me convenceram a seguir a área editorial. Foram influências muito fortes em minha vida”.

Na vida adulta também houve uma outra experiência que a fez crescer muito como contadora: por 12 anos, Semíramis participou ativamente do projeto “Viva e deixe viver”, composto por voluntários de Ribeirão Preto que contavam histórias em hospitais. Para ela, a contação, neste período do projeto, representou um enorme crescimento humano: “Foi uma libertação das minhas limitações e timidez, além de inúmeras e excelentes amizades conquistadas. Também aprendi que uma contação bem-feita, com alma e coração, é uma nova leitura de uma história: os personagens saltam das páginas, pulam para o meio dos ouvintes e, com eles, fazem a maior algazarra“, brinca.

Semíramis chegou a ser editora do Caderno Infantil Criança, suplemento do jornal A Cidade, entre 2003 e 2013, e, hoje, participa de Mostras e Salões Nacionais e Internacionais de Ilustração. Também ministra oficinas de ilustração no SESC, além de palestras em diversas escolas.

Durante a Feira
Além de participar da atividade “Combinando Palavras”, Semíramis também pretende lançar dois de seus novos livros na Feira: “A Menina Felicidade”, com texto de Tuca Pina, e “Uma Vida em 7 Estampas”, com texto, ilustrações, projeto gráfico e encadernação artesanal por conta da homenageada. “O primeiro me permitiu cometer ‘loucuras gráficas’, que estou curtindo demais. Só espero continuar sã, quando finalizar tudo! E, do segundo, serão publicados apenas 50 exemplares. Uma espécie de livro de artista, um sonho que tirei da gaveta”.

Sobre a Fundação
A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país, realizada tradicionalmente no mês de junho. Em 2020, a Feira entra na 20ª edição, torna-se internacional e recebe nova identidade, apresentando-se como FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto.
Com uma trajetória sólida e projeção nacional e agora internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

Sobre a 20ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL)
A FIL terá como tema “20 anos depois e agora?\" e será realizada de 30 de maio a 7 de junho de 2020. A festa literária vai manter seu formato original com realização compartilhada com diversos parceiros e seleção de homenageados. O autor homenageado será Mia Couto. O autor educação é Edgar Morin; a autora infantojuvenil é Semiramis Paterno; autor local, Carlos Roberto Ferriani, a professora homenageada (local), Elaine Assolini e o patrono Paulo Roberto Oliveira. O grande desafio desta próxima edição de 2020 é que o evento foi transformado em Feira Internacional do Livro e lança daqui para frente coligações com pelo menos um país por edição.

Atendimento à Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Luciana Grili (16) 99152 2707 (luciana@verbo.jor.br)
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 (andrea@verbo.jor.br)
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 (valter@verbo.jor.br)
Colaboração: Lígia de Castro (pauta@verbo.jor.br)

Editorias: Criança  Cultura e Lazer  Educação  Sociedade  Teen  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Verbo Nostro Comunicação Planejada  
Contato: Verbo Nostro Comunicação Planejada  
Telefone: 16-36108659-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.