E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Instituto Arte no Dique abre inscrições para oficinas formativas gratuitas em 2020
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Arte no Dique
Arte no Dique

Entre as novidades estão as oficinas de criação de games e jogos digitais, e audiovisual. São todas gratuitas.

Estão abertas as inscrições gratuitas para as oficinas formativas do Instituto Arte no Dique, ONG que atua há 17 anos promovendo a cultura como ferramenta de inclusão no Dique da Vila Gilda, área de menor Índice de Desenvolvimento Humano da Baixada Santista, onde mais de 25 mil pessoas vivem às margens do Rio Bugre em palafitas.



As vagas estão disponíveis para as oficinas de Percussão, Capoeira, Violão (essas três que já ocorriam no projeto), e as novas Criação de Games e Jogos Digitais e Audiovisual. Detalhes sobre cada oficina abaixo.



“Buscamos acompanhar as mudanças da sociedade e os anseios da comunidade. Por isso modernizamos nossas oficinas inserindo cursos de criação de games e jogos digitais, audiovisual e de desenho. Entre nossos objetivos está a capacitação profissional para inserir as crianças e jovens futuramente no mercado, possibilitar oportunidades, e este segmento geek e de tecnologia tem crescido muito nos últimos anos”, ressalta o presidente da entidade, José Virgílio Leal de Figueiredo.



Projeto Soma



Trata-se de um conjunto de atividades que possibilita a artistas, produtores e empreendedores culturais e sociais desenvolverem seus projetos com acesso ao espaço, infraestrutura, comunicação e público do Instituto Arte no Dique. E tem o objetivo de proporcionar acesso de novas atividades dentro do instituto, afim de incentivar a troca e a fluidez cultural dentro do Arte no Dique. Dentro desse espectro estão oficinas de Desenho, Baterapia (Bateria) e Inglês.



As inscrições para todas as atividades podem ser feitas de segunda a sexta-feira, na sede da instituição, à Rua Brigadeiro Faria Lima, 1349, Rádio Clube, em horário comercial.



Um dos projetos contemplados pelo SOMA é o Slam ZN projeto de poesia falada, que acontece todos os segundos sábados de cada mês a partir das 19h, com entrada pública.



Mais projetos





Para 2020 o Arte no Dique segue com sua programação que está na agenda cultural da cidade de Santos, com os projeto Arraial do Arte, O Som das Palafitas, Semana Cultural da Primavera, Mostra Cultural e Intercâmbio Cultural.



“Temos novidades para 2020 com os novos projetos culturais. Cine Maria - Mulata com sessões de filmes infantis, o projeto Napele, que estimula o desenvolvimento social com palestras e workshops.



E o mais novo projeto de incentivo à leitura, o PLiM Projeto de incentivo à leitura. Todas as quintas os alunos do Arte no Dique participam de um momento de leitura e, em seguida, podem escolher um livro para levar para casa, para ler e na outra semana apresentar para a turma de amigos em sala de aula”, destaca José Virgílio.





Detalhes sobre a oficinas:



Percussão

- Turmas de terça e quinta das 16h até 17h para crianças de 07 até 12 anos

- Turmas de segunda até quinta das 19h até 20h a partir de 07 anos;

- Segundas, quartas e sextas, das 16 até 17h, para alunos do educação integral (da Rede Municipal de Ensino) que permanecem para atividades culturais, e sexta das 19 até 20h é projeto e formação do Coletivo Querô

Professor Edison Santos



Capoeira

- Turmas de terça e quinta, das 19h até 20h para alunos com idade de 07 até 13 anos,

- Turmas de terça e quinta das 20h até 22h para alunos com idade a partir de 14 anos

- Turmas de segunda e quinta das 16h até 17h para alunos do educação integral que permanecem para atividades culturais.

Professor Mestre Nando.



Violão

- Turmas de segunda e quinta das 17h até 18h para alunos com idade de 10 até 15 anos;

- Turmas de segunda e quinta das 18h até 19h para alunos com idade a partir de 16 anos;

- Turmas de segunda e quinta das 16h até 17h para alunos do projeto educação integral que permanecem para atividades culturais.

Professor Ugo Castro Alves.



Criação de Games / Jogos digitais

- Turmas de terça e quinta das 14h30 até 16h para alunos com idade de 13 até 15 anos;

- Turmas de terça e quinta das 16h até 17h30 para alunos com idade de 07 até 09 anos;

- Turmas de terça e quinta das 17h30 até 19h para alunos com idade de 10 até 12 anos.



Observação: Esse projeto de Games é uma parceria entre o Arte no Dique e a Magic Star, escola de criatividade e inovação.

Com Grupo de Educadores Magic Star.



Audiovisual

- Turmas de sexta das 16h até 17h30, para alunos com idade de 10 até 12 anos.

Professores Marcos Vinicius Santos e Felipe Seguro.

____



Atividade dentro do projeto Soma do Instituto Arte no Dique, projeto que visa o compartilhamento cultural e desenvolvimento de projetos.



Desenho

- Turma de quinta 16h até 17h, alunos com idade 10 até 12 anos

Parceria do Instituto Arte no Dique com a Mosh escola de Arte.

Grupo de Educadores Mosh escola de Arte.



Baterapia - Bateria

- Turma de sábado das 09h até 12h, alunos com idade a partir de 09 anos;
O projeto visa a inclusão de pessoas com deficiências.

Professor Magnosvaldo da Cruz.



Inglês

- Turmas de quinta das 16h até 17h para alunos com idade a partir de 09 até 12 anos;

- Turmas de quinta das 17h até 18h para alunos com idade a partir de 13 até 16 anos;

- Turmas de quinta das 18h até 19h para alunos com idade a partir de 17 anos

Professora Arethuza Buttner.



Maré de Ciências - Ciências do Mar

- Turmas de ter das 16h até 18h para alunos com idade a partir de 10 anos

Parceria do Instituto Arte no Dique e UNIFESP - Curso de Ciências.

Professoras Barbara Lage, Tatiana Mazo e Paula Kasten.



Outras informações pelo e-mail http://www.comunicacaoartenodique@gmail.com ou pelo site http://www.artenodique.com.br



Sobre o Arte no Dique

28 de novembro de 2002. Nessa data foi lançada a pedra fundamental do Instituto Arte no Dique. Passados 17 anos, mais de 15 mil pessoas, em grande parte moradores do Dique da Vila Gilda, em Santos, frequentaram as oficinas da instituição, tiveram acesso à cultura e à arte. “Cultura como um todo”, como costuma dizer o presidente da ONG, José Virgílio Leal de Figueiredo, já que o Arte no Dique trabalha, com seus colaboradores, alunos, frequentadores, parceiros, a questão da cidadania. Desde a entrega semanal de leite para a comunidade, até as oficinas de percussão (que deram início ao projeto), violão, dança, informática, customização, as exibições de filmes seguidas de debates, shows. Artistas de renome como Gilberto Gil, Moraes Moreira, Sergio Mamberti, Lecy Brandão, Wilson Simoninha, Hamilton de Holanda, Armandinho Macedo, Luiz Caldas, Geraldo Azevedo, Luciano Quirino, entre outros, já se apresentaram no espaço.


Diariamente, cerca de 600 pessoas participam do projeto, que tem a missão de oferecer oportunidade de transformação e desenvolvimento humano e social a crianças, adolescentes, jovens e adultos através da participação da comunidade em ações educativas, de geração de renda, meio ambiente e valorização da cultura popular da região. O trabalho sério, que gerou importantes resultados inclusivos, levou a instituição a tornar-se referência em inclusão social, no Brasil e no exterior, sendo convidada diversas vezes festivais e congressos.



Sobre o Intercâmbio cultural:


O Intercâmbio Cultural Internacional teve início em 2012. Desde lá, os participantes do Arte no Dique tiveram a oportunidade de visitar e receber artistas e empreendedores sociais de diversos países da América do Sul e Europa. Com isso, foi possível oportunizar a troca, vivência e ganho de repertório cultural e social de crianças e jovens e de todo o público envolvido nessa ação.

Ao longo desse período, dois jovens que frequentavam as oficinas de percussão do Instituto Arte no Dique decidiram viver profissionalmente em solo europeu, eles são: Gabriel Prado, 22 anos, morador de Bari na Itália onde vive há quatro anos, e Jorge Henrique, da mesma idade, morador de Marselha, na França, há dois anos.

Em 2019, oito crianças entre 07 e 12 anos, moradores do Dique da Vila Gilda e de bairros vizinhos, estão realizando ensaios diariamente para uma nova viagem. A experiência foi repetida em 2020, com nove crianças. Tal jornada em outro país permite, ainda que por alguns dias, aos envolvidos encontrar um “novo mundo”, onde têm acesso a outros hábitos, costumes, identidades, gastronomia, idiomas, horizontes, enfim, cultura.

Hoje o Arte no Dique faz parte do projeto Scholas Ocurrentes, do Vaticano.

Editorias: Criança  Cultura e Lazer  Sociedade  Teen  Terceiro Setor  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: CineZen  
Contato: André Azenha  
Telefone: 13-33072838-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter: http://twitter.com/cinezen
Facebook: http://www.facebook.com/CineZen
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.