E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Hospital São Vicente adquire equipamento que reduz tempo de recuperação da cirurgia de próstata
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Equipamento utiliza o laser Holmium, considerado um dos mais eficazes para tratar o aumento da próstata, comum em homens após os 50 anos

Para aprimorar o tratamento do aumento benigno da próstata, também conhecido como hiperplasia prostática benigna (HPB), o Hospital São Vicente Curitiba acaba de adquirir um equipamento para cirurgia a laser: o MegaPulse 70 e o Piranha System, da Richard Wolf, que realizam a enucleação da próstata por laser Holmium, considerada uma das técnicas mais eficazes quando é necessária cirurgia. A nova tecnologia deve começar a ser oferecida na instituição no primeiro trimestre de 2022.

“A vantagem do HoLEP – Holmium Laser Enucleation of the Prostate - é que existe menor agressão ao paciente, já que a cirurgia por laser diminui o tempo de internamento no hospital e aumenta a velocidade da recuperação em casa”, afirma Dr. André Matos, urologista do Hospital São Vicente. O laser de Holmium ainda permite a coagulação dos vasos sanguíneos durante a cirurgia, o que reduz o sangramento.

A hiperplasia prostática benigna, ou aumento da próstata, é um dos problemas mais comuns entre os homens após os 50 anos. “O tamanho normal da próstata é entre 20 a 30 gramas e com o passar da idade ela pode crescer. O canal da urina passa por dentro da próstata e o aumento dela pode dificultar o trabalho da bexiga”, esclarece o urologista, o que impacta diretamente na qualidade de vida dos homens.

O tratamento cirúrgico clássico para o aumento da próstata é denominado ressecção endoscópica pela uretra (RTU), e utiliza energia elétrica para “raspar” a próstata e reabrir o caminho para a urina. Já o HoLEP utiliza o laser para realizar a chamada enucleação da próstata. “O homem é anestesiado e realizamos uma endoscopia pelo canal urinário, identificamos os lobos prostáticos aumentados e com a fibra de laser descascamos todo o volume da próstata. Os lobos prostáticos são empurrados para a bexiga, depois triturados e aspirados”, explica Dr. André Matos. Após a cirurgia, é colocada uma sonda no canal urinário, por 24 horas, e o paciente tem alta no dia seguinte da cirurgia.

Outro benefício da enucleação da próstata por HoLEP, de acordo com o urologista, é tratar próstatas de qualquer tamanho e ainda reduzir as chances de novos crescimentos. “A enucleação é uma cirurgia mais moderna, com uma tecnologia mais avançada, que tira maior volume de próstata e com isso faz com os que os homens voltem a ter qualidade de vida. Por ser a laser, ainda permite a recuperação rápida e mais segura”.

Quem pode fazer a cirurgia?
Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, a hiperplasia prostática benigna atinge cerca de 50% da população masculina após os 50 anos, sendo que 30% acabam necessitando de cirurgia. “Os pacientes que têm indicação para o procedimento cirúrgico são os que não estão satisfeitos com os tratamentos por medicamentos e incomodados com o padrão urinário”, explica Dr. André Matos.

O aumento da próstata provoca alguns sintomas: jato da urina mais fraco e demorado, sensação de que não esvaziou completamente a bexiga, uma forte vontade de urinar e aumento das idas ao banheiro de dia e de noite – em alguns casos pode acontecer até a perda de urina sem controle.

“Outros problemas também levam a esses sintomas, então, a melhor coisa a fazer é consultar um urologista para fazer uma avaliação adequada, caso isso esteja atrapalhando a sua qualidade de vida”, salienta Dr. André Matos, do Hospital São Vicente Curitiba.

Sobre o Grupo Hospitalar São Vicente-FUNEF
O Grupo Hospitalar São Vicente-FUNEF, formado pelo Hospital São Vicente Curitiba, fundado em 1939, e pelo Hospital São Vicente CIC, inaugurado em 1973, atende a diversas especialidades, sempre pautado pela qualidade e pelo tratamento humanizado. Referência em transplantes de fígado e rim e nas áreas de Oncologia e Cirurgia, desde 2002 o Grupo é mantido pela Fundação de Estudos das Doenças do Fígado Kotoulas Ribeiro (FUNEF).

O Hospital São Vicente Curitiba é um hospital geral de alta complexidade. Em uma estrutura moderna, conta com pronto-atendimento, centros médico, cirúrgico e de exames, UTI, unidades de internação e centro de especialidades. Possui o selo de certificação intermediária de transplantes hepático e renal da Central Estadual de Transplantes do Paraná e seu programa de Residência Médica é credenciado pelo Ministério da Educação (MEC) nas especialidades de Cirurgia Geral, Cirurgia Digestiva, Cancerologia Cirúrgica e Radiologia.

A instituição integra ainda a lista de estabelecimentos de saúde que atendem ao padrão de qualidade exigido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, órgão regulador vinculado ao Ministério da Saúde. Mais informações no site http://www.saovicentecuritiba.com.br.

Editorias: Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Expressa Comunicação  
Contato: Thiago Rothstein  
Telefone: 41-33244473-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.