E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Itu perde a Semana Santa e outras datas históricas
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Imagem do Senhor Morto da igreja N.S. do Carmo de Itu
Imagem do Senhor Morto da igreja N.S. do Carmo de Itu

A Estância Turística de Itu, de grande tradição religiosa deixará, este ano, de comemorar a sagrada Semana Santa. Os diversos eventos que começariam no domingo de Ramos se estendendo por toda a semana serão uma grande perda para a comunidade católica e para o turismo religioso. Até o espetáculo da explosão do Judas, um folclore de muita tradição, não acontecerá.

A Semana Santa de Itu é a mais tradicional do Estado e apresenta, ainda, rituais e celebrações que remontam ao século XVIII, quando a cidade toda se mobilizava na elaboração da Paixão de Cristo, criando eventos repletos de fausto e dramaticidade. Sempre foi considerada um dos momentos de maior devoção e respeito da fé cristã em todo o interior do Estado de São Paulo.

“Três horas de agonia”, uma das mais importantes cerimônias, foi introduzida em Itu em 1867, pelo Padre Antonio Onorati e realizada pela 1ª vez na Igreja Matriz. Desde 1868 passou a ser feita na Igreja do Bom Jesus. Trata-se de um teatro sacro, cujo sermão medita as sete últimas frases ditas por Jesus já pregado á Cruz. Além da oratória, são entoados responsórios, ultimamente executados pelo Coral Vozes de Itu. Neste ano completaria 153 anos.

Também conhecida como “Roma Brasileira”, pela grande quantidade de igrejas, especialmente as de estilo barroco, a cidade sempre desenvolveu uma programação com cerimônias tradicionais do calendário católico expondo um patrimônio religioso extraordinário que se revela através de algumas imagens, verdadeiras obras de arte, música sacra e procissões que demonstram a fé e dedicação do povo ituano ao manter a tradição dessas celebrações.

Perdas que se repetem

As pessoas mais idosas de Itu jamais poderiam imaginar que ficariam, um dia, sem poder participar das cerimônias da Semana Santa por causa da pandemia do coronavirus. A maioria delas lamenta com muita tristeza, pois são atos religiosos de grande beleza cênica e de tradição.

Outras comemorações do mês de abril, especialmente no dia 18, data que a Estância Turística de Itu deveria comemorar com fervor, mas que, no ano passado, passou despercebida: data de fundação da Câmara de Vereadores, a efeméride da Convenção de Itu e a inauguração do Museu Republicano.

Nesse dia, em 2019, na Câmara só havia a telefonista que informou um recesso dos vereadores porque era quinta-feira da semana santa. No Museu Republicano, a mesma coisa. Ninguém nem sabia da data histórica da Convenção.

Em 18 de abril de 1657, Itu foi elevada à condição de Vila e, por conseqüência, inaugurou sua Câmara de Vereadores que, em 2020, completa 363 anos de vida, uma das mais antigas do Brasil.

Em 18 de abril de 1873, Itu deveria comemorar um dos atos políticos mais importantes da época – A Convenção de Itu, que mudou os rumos do país e influenciou diretamente na Proclamação da República. Já se passaram 147 anos do evento.

Em 18 de abril de 1923 foi o dia da inauguração do Museu Republicano, hoje, um dos grandes atrativos para o turismo local. Nele estão alguns tesouros da época da Convenção com o mesmo mobiliário daquele período e muitos documentos da história do Brasil. Mantém um respeitável acervo. Em 2020, completa 97 anos e logo estaremos no seu centenário.

Os ituanos têm o sagrado direito à sua memória, a dialogar com seus antepassados, indagar de suas estátuas e de seus monumentos, sobre os mistérios dos acontecimentos remotos de sua história.

Cidade que não cultiva sua memória não consegue eternizar seus feitos e sua história tende a desaparecer. As novas gerações precisam entender, conhecer, cultuar e respeitar a história de uma cidade de imenso patrimônio histórico, onde o Brasil colonial está vivo e conservado, com convivência harmônica com o moderno.




http://www.grandeitu.com.br
grandeitu@grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor

Editorias: Cultura e Lazer  Mídia  Religião e Espiritualidade  Saúde  Turismo  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: www.grandeitu.com.br  
Contato: Raul Machado Carvalho  
Telefone: 11-55213483-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.