E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Mês do trabalhador: 10 medidas de segurança para quem faz home office
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Um levantamento realizado pelo IBOPE mostra que o número de pessoas que trabalham remotamente, pelo menos em parte da jornada de trabalho, cresceu nos últimos 03 anos e já representa 20% dos profissionais brasileiros. Além disso, a prática de home office já está presente em cerca de 66% das empresas do país.


Por passar mais tempo em casa, o trabalhador pode lidar com alguns acidentes. Segundo o INMETRO, no Brasil, estima-se que as pessoas vítimas de acidentes domésticos somam 37% de todos os feridos atendidos em hospitais.


Para a ADT, empresa de monitoramento de alarme, o risco de acidentes e a segurança devem ser levados em consideração por quem faz home office. “Queimaduras, choques e quedas estão entre os mais comuns”, explica Robert Wagner dos Santos, especialista em segurança da empresa.


Pensando nisso, a ADT listou algumas precauções para melhorar a segurança em casa. Confira.


Portas e janelas abertas podem facilitar uma invasão, principalmente quando os moradores estão distraídos. Mantenha fechados e instale dispositivos que avisem quando alguém entra. Os alarmes mais avançados possuem o modo de ativação parcial, por exemplo, que avisa quando alguém entra, mas permite a circulação dos moradores;

Combine com os outros moradores, como filhos, os espaços de trabalho. Brinquedos no chão podem provocar quedas e as crianças podem acessar ferramentas de trabalho indevidamente;

Planeje os horários e alimente-se no local certo. Alimentos e bebidas na estação de trabalho podem provocar acidentes, queimaduras e, até, prejudicar o trabalho;

Evite improvisar locais de trabalho como usar o sofá. Cabos de energia de um notebook até a tomada podem fazer alguém tropeçar.

Evite usar o telefone enquanto caminha pela casa e entra nos ambientes. A distração com o telefone pode fazer esbarrar em alguma panela ou objeto no caminho, por exemplo.

Tenha uma lista de contatos de técnicos, incluindo técnicos de informática, por exemplo. Quando tiver um problema, não vai precisar improvisar uma solução e se expor a riscos como choques elétricos.

Se estiver sozinho com os filhos, defina uma área visível e delimitada para ficarem. Evite que numa distração do trabalho, a criança acesse ambientes com produtos químicos ou objetos perigosos. Os alarme mais avançados como o Smart Security da ADT avisam quando alguém entra ou sai de algum ambiente e permite ver o que está acontecendo por meio das câmeras.

Tenha iluminação suficiente. Evite trabalhar no escuro para não forçar a vista e para perceber os objetos ao redor.

Organize o espaço de trabalho para evitar cabos pendurados, queda de objetos e lesões por movimento inadequado.

Informe vizinhos de confiança sobre mudanças na rotina e peça para que fiquem atentos a barulhos estranhos, movimentação no local e veículos desconhecidos estacionados em frente à garagem. A Vizinhança Solidária é uma ação que pode ajudar na segurança de uma residência. Veja mais informações aqui.


Além das recomendações acima, o especialista alerta sobre a importância de estar preparado para situações de emergência. Segundo ele, é essencial investir em dispositivos de segurança para solicitar ajuda, pois dependendo da situação, não será possível usar o telefone. “O alarme monitorado é um grande aliado, pois os mais avançados possuem um dispositivo portátil do tamanho de um chaveiro para pedir ajuda apenas apertando botões”, destaca o executivo. A ADT oferece as opções de alarme monitorado mais avançados, incluindo o Smart Security que permite fazer a ativação parcial e a configuração de avisos quando alguém entra ou sai de algum ambiente citados nas recomendações.

Editorias: Ciência e Tecnologia  Serviços  Recursos Humanos  Sociedade  Telecomunicações  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Pimenta Comunicação  
Contato: Alex Nicolau  
Telefone: 011-2858-9192-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.