E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




A formação facial e seus cuidados
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Segundo estudos científicos, cerca de sete entre cada 10 pessoas não apresentam uma oclusão dentária (o encaixe dos dentes superiores com os inferiores) completamente corretos. Essas questões, denominadas em termos médico-odontológicos de anomalias dentofaciais, podem ser identificadas facilmente tanto em adultos quanto em crianças ou pré-adolescentes e podem prejudicar futuramente na qualidade de vida de cada um.
O fato é que esses casos podem estar diretamente relacionados a uma diversidade de problemas. Originam-se, na criança, em idade precoce, sendo influenciados intensamente pelas funções faciais inadequadas, tais como atos incorretos de respiração, mastigação, deglutição ou até de excesso de sucção de objetos (chupetas ou mamadeiras), além de parafuncionalidades (funções sem finalidade alguma) tais como o rangido e apertamento dos dentes.
Em todo caso, a oclusão dentária é quem mais influi diretamente na estética sobre a harmonia e a forma do rosto. Considerada como uma complexa orquestração, que se completa somente ao fim da adolescência, se os cuidados corretos não forem tomados já na infância, podem ser projetados futuramente de forma negativa.
De acordo com Gerson Köhler, especialista e pesquisador em Ortodontia e Ortopedia Facial, se desde a infância não houver um acompanhamento dos pais, as conseqüências podem não ser agradáveis e alterar a qualidade de vida da criança ou do adolescente. "Além de sofrer efeitos de ter um rosto, de certa forma, levemente desfigurado (em diversos níveis de severidade), a criança pode, também, sofrer outras implicações desconfortantes (a médio e longo prazo) se analisadas do ponto social", explica ele.
Diferentemente do que pensa uma pessoa leiga, a formação do rosto vai muito além da genética e, conjuntamente, é também definida pelas funções faciais (respiração, mastigação, deglutição, fonação, etc.) desde o nascimento da criança. "O posicionamento inadequado dos dentes em suas arcadas - principalmente na transição dos decíduos ("de leite") pelos permanentes (os definitivos) - podem ocasionar diversos níveis de alteração morfológica (as chamadas "anomalias dentofaciais"), que se refletem diretamente na parte estética facial da pessoa", afirma o professor Köhler.
Em todo caso, a melhor forma de tratar as questões expostas é interdisciplinarmente, envolvendo - entre outras - profissionais da área odontológica, médica e fonoaudiológica. "O recomendado é que as pessoas procurem especialistas na área médica e/ou odontológica para detectar os problemas o quanto antes, pois só assim estes poderão ser corrigidos da melhor maneira", finaliza enfáticamente Gerson.
Serviço: Dr. Gerson I. Köhler (CRO 3921 – PR)
Cargo: Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial
Fone: 41 - 3224.4883
Site: http://www.kohlerortofacial.com.br
Blog: gersonkohler.wordpress.com
E-mail - kohler1@uol.com.br
Endereço: Rua Comendador Araújo, 143, conj. 42, Centro, Curitiba/PR.

Editorias: Ciência e Tecnologia  Criança  Estética e Beleza  Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 13/07/09
Fonte do release
Empresa: Toda Comunicação  
Contato: Verônica Pacheco  
Telefone: 21-3795-4736-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype: todacomunicacao
MSN: veropacheco2002@hotmail.com
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.