E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Como se recuperar de uma perda?
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Dra. Maria Helena explica que luto não é somente a perda por mortes e sim qualquer tipo de perda
Dra. Maria Helena explica que luto não é somente a perda por mortes e sim qualquer tipo de perda


O fim de um relacionamento, a perda do emprego ou a morte de um ente querido, são consideradas perdas importantes na vida de todos nós. A psicóloga Maria Helena Alcântara Lisboa, vice-presidente do Projeto Mulheres Inteligentes, revela que viver o luto, em todas essas situações, é fundamental para a recuperação das perdas. “Ninguém quer falar de perdas ou mortes, mas elas estão presentes o tempo todo em nossas vidas. A perda sempre é muito difícil, mas temos que começar a trabalhar está questão, pois perder faz parte da vida”, explica.

A psicóloga que é especialista em perdas e lutos alerta que viver o luto é muito importante. “Existem rituais para que nós possamos elaborar a perda em nossas vidas e eles são necessários. O luto pode se transformar em doenças, como a depressão e a síndrome do pânico, quando a pessoa não vive esse momento no tempo que é para ser vivido. Não se deve pular está fase. É normal chorar, ficar triste durante em média um ano após a perda”.

Responsável pelo Workshop Você sabe o que é luto?, Maria Helena conta que a sociedade ainda não reconhece que luto não é somente a perda por mortes e sim qualquer tipo de perda. A psicóloga trabalha o rompimento de vínculos afetivos oferecendo ferramentas para que as pessoas possam vivenciar suas perdas e resgatar relacionamentos sociais, familiares e profissionais da melhor maneira possível.

Como lidar melhor com as perdas:

•Em alguns casos, a perda pode ser a chance de redefinimos a nossa vida;
•As crianças, por exemplo, precisam ir aos velórios. Se começarem a vivenciar isto desde a infância, irão lidar melhor com a perda quando forem adultas;
•Procurar ajuda especializada em alguns casos é fundamental,
•Uma mulher que perde o primeiro bebê, não deve pensar em gravidez em seguida. Ela deve viver este luto e deixar as coisas acontecerem com o tempo;
•Viver o luto é muito importante. Durante um tempo, ficar triste é normal.

Dra. Maria Helena Alcântara Lisboa
Psicóloga, Clínica Especialista, Diretora Técnica da MHRPSICÓLOGOS ASSOCIADOS e Vice Presidente do Projeto Mulheres Inteligentes.
http://www.mhrpsicologos.com.br


Anna Deise Lopes
(21) 9619-3232
Ateliê de Comunicação
http://www.ateliedecomunicacao.com.br

Editorias: Feminina  Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 02/12/08
Fonte do release
Empresa: Anna Deise Lopes  
Contato: Anna Deise Lopes  
Telefone: 21-24459766-31

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN: annadeise@hotmail.com
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.