Quais os males do biofilme na indústria e como resolver o problema
Biofilme em tubulação

Quando se fala em qualidade e segurança na produção, o combate ao biofilme ganha cada vez mais visibilidade, já que este é um dos tipos de contaminação mais temidos e responsável por prejuízos milionários nas indústrias.

O biofilme é formado por uma complexa comunidade de microrganismos (bactérias, parasitas, fungos, protozoários, etc.) que se instalam em superfícies sólidas/interfaces e são envoltos em uma matriz altamente resistente (formada por polissacarídeos).

Com a proliferação indesejada do biofilme, diversas atividades na indústria ficam comprometidas e grandes prejuízos acontecem, como: a biocorrosão de materiais, como o aço inoxidável; o entupimento de tubulações; e Focos de contaminação por microrganismos patógenos e deteriorantes.

Combate ao biofilme

O combate ao biofilme que se forma nas tubulações (linhas de distribuição de insumos e/ou produto final) costuma ser feito com detergente e sanitizante.
Mas, como os biofilmes tornam as bactérias mais resistentes, elas acabam ficando protegidas desses produtos. O motivo é que as matrizes atuam como uma barreira que impede o sanitizante de alcançar seus sítios de ação.

Mesmo com a utilização de soluções químicas mais potentes durante o procedimento, não se consegue remover por inteiro o biofilme e os resíduos rapidamente reconstituem a camada contaminante, formando novas colônias.

Uma alternativa eficaz para acabar com todas as camadas de biofilme é o sistema de limpeza a seco Ultra Clean. O sistema é composto por lançador pneumático, bico que se conecta à tubulação e projétil, que é o agente realizador da limpeza.

De acordo com a Ultra Clean Brasil, enquanto a eficácia do sanitizante depende muito da aderência, tipo de microrganismos envolvidos e estado de desenvolvimento que se encontra o biofilme, a tecnologia UC System combate o biofilme independente do seu estágio de crescimento, dos microrganismos envolvidos e demais características.

Isso porque o projétil é empurrado por ar comprimido de alta pressão e percorre todo o circuito das tubulações existentes nas linhas de fabricação da indústria.

Ao ser impactado pelo ar comprimido, o projétil recebe o poder de “escovação” nas paredes internas das instalações, o que não seria possível numa limpeza convencional, já que tanto o sanitizante quanto o detergente estão em estado líquido e por essa razão não há atrito com a superfície.

Segundo o fabricante, a tecnologia Ultra Clean System garante a eliminação completa dos focos de contaminação, com eficácia e em muito menos tempo.

Somente assim é possível preservar os insumos utilizados pela indústria contra a contaminação e não comprometer lotes inteiros somando prejuízos.
Para mais informações sobre a tecnologia da Ultra Clean System, acesse: www.ultracleanbrasil.com.br


Ultra Clean Brasil
(11) 5052-3244
ultraclean@ultracleanbrasil.com.br
www.ultracleanbrasil.com.br


Fotos para download:

Biofilme em tubulação
https://drive.google.com/open?id=1P3YSLHWWhgRJqgWIl-OU4FvY7pGLtLDV

Ilustração UC System em ação
https://drive.google.com/open?id=1_cekQWGu3A3bVmqxKB9ecKziHZGp7vhp


Informações para a imprensa:
Edson Barros
Diálogo Assessoria de Imprensa
Tels. (11) 2092-9251 e 98144-9750
e-mail: edson@dialogoimprensa.com

Editorias: Alimentos  Ecologia e Meio ambiente  Economia  Industria  Negócios  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 05/08/19
Tags:
Informações para contato
Empresa: Diálogo Assessoria de Imprensa  
Contato: Edson Barros  
Telefone: 11-2092-9251-

E-mail: edson@dialogoimprensa.com
Skype:
MSN: