Crea-PR alerta para a manutenção dos equipamentos de para-raios

Proprietários ou responsáveis por edifícios residenciais, comerciais ou rurais devem ficar atentos com relação à manutenção dos para-raios. É o que alerta o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR). Isso porque toda a região sul do País vem sendo afetada pelo comportamento do El Niño, e a previsão é que até o fim do verão, tanto o Paraná, como Santa Catarina e Rio Grande do Sul tenham um aumento médio de 50% nos raios, conforme informações do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Para que o equipamento esteja funcionando adequadamente, é necessário estar atento às normas existentes. Uma delas é a NBR 5419, de 2015, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e, a outra, a NR 10, do Ministério do Trabalho, referente à Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. “A recomendação é que seja feita a inspeção uma vez por ano e, a cada dois anos, a inspeção com emissão de laudo técnico de funcionalidade do sistema, realizada por um Engenheiro Eletricista”, explica o gerente regional do Crea-PR em Ponta Grossa, Engenheiro Agrônomo Vânder Della Coletta Moreno.

A falta de manutenção do equipamento pode implicar em riscos de morte e à segurança, com possíveis explosões e incêndios, prejuízos à saúde, danos financeiros e ambientais. “Da mesma forma que os síndicos se preocupam com a manutenção dos elevadores e dos sistemas de aquecimento de água, por exemplo, também devem estar atentos com relação à manutenção do equipamento de para-raios”, reforça o Inspetor do Crea-PR, Engenheiro Eletricista Alex Sander Sebaje. Dados do ELAT mostram que 77,8 milhões de raios caem todos os anos no Brasil. Somente o Paraná, de 2002 a 2017, registrou 106 mortes por raios, sendo que a maioria delas ocorreu no verão.

Fiscalização

Além de alertar para a necessidade de inspeção e manutenção dos equipamento, o Crea-PR fiscaliza as obras que estão sendo executadas e consequentemente, a instalação de para-raios. “O projeto e a instalação devem ser feitos por profissionais habilitados, como Engenheiros Civis ou Eletricistas. Em nossas fiscalizações de rotina verificamos isso”, comenta o gerente do Crea-PR em Ponta Grossa.

Editorias: Construção e Arquitetura  Ecologia e Meio ambiente  Imóveis  Serviços  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 08/02/19
Tags:
Informações para contato
Empresa: Savannah Ações em Comunicação  
Contato: Patrícia Biazetto  
Telefone: 42-988279194-

E-mail: pontagrossa@savannah.com.br
Skype:
MSN: