Home  Imagens  Contato  Clássico    
Raquel Marques e a Política do Cuidado Codeputada Estadual da Bancada Ativista é pré-candidata a vereadora em São Paulo defendendo o cuidado como valor central para a política pública municipal
Raquel Marques - Crédito: Flavia Valsani

Feminista, mãe e bissexual, Raquel Marques é ativista há 20 anos. Sanitarista, mestre em Saúde Pública e Doutora em Medicina Preventiva, atualmente cursa graduação em Direito. É também uma das fundadoras da Artemis, a primeira ONG brasileira a incidir concretamente sobre políticas públicas pela erradicação da violência obstétrica contra as mulheres. Em 2018, foi eleita com a Bancada Ativista para o primeiro mandato coletivo da história do Estado de São Paulo, tornando-se codeputada estadual. Na Assembleia Legislativa entendeu a importância da participação popular nos espaços de poder e formulou com sua equipe as diretrizes para esta campanha à vereança.

“A Política do Cuidado prioriza o que deveria ser óbvio: o bem-estar das pessoas, a manutenção das condições que dão suporte à vida e o cuidado com o planeta.\"

\"Estamos numa situação de emergência em que a sociedade precisa se reinventar diante do colapso. A Política do Cuidado refuta modelos ultrapassados e busca soluções concretas sem naturalizar os processos que destroem as possibilidades de sobrevivência das gerações futuras. A cidade de São Paulo é um viveiro pulsante de tecnologia social para o apoio à vida. Já existem muitas experiências inspiradoras, mas nós ativistas precisamos nos multiplicar nos espaços legislativos para fazer valer essa inteligência invisível de quem está acostumado a proteger a vida: as mulheres, os responsáveis pelas crianças, idosos e pessoas com deficiência, os agricultores e os cientistas\".


As propostas de Raquel se organizam em três eixos de atuação interdependentes:

FAMÍLIA - Instituição estruturante da sociedade que deve receber apoio de políticas públicas centradas no cuidado como ferramenta de superação para crises econômicas e sociais.

\"Fortalecer as famílias, em todos os seus formatos, é essencial para mudar os rumos dessa sociedade violenta e decadente. São as famílias que constroem as possibilidades de um futuro centrado no afeto e cuidado mútuo.\"

\"A ciência comprova que planejamento familiar, direitos reprodutivos, proteção da infância e políticas públicas para o fortalecimento de comunidades têm imenso impacto positivo nas sociedades.”

SAÚDE - Raquel impactou políticas públicas e seu trabalho como codeputada teve grande importância para prevenir o aumento da violência obstétrica no Estado de São Paulo. A campanha e o possível mandato apostam na defesa inegociável do SUS sob uma visão holística e intersetorial como forma de melhorar a vida dos munícipes.

\"Políticas públicas para a saúde precisam vir de uma perspectiva integrada, com foco em prevenção. Obviamente, precisam ser baseadas em evidências, o que temos visto pouco na atualidade.\"

\"A situação do ar, da água, da alimentação, dos transportes, do saneamento básico e outras condições ambientais, assim como a saúde mental e emocional da população, têm impacto na saúde global da sociedade. Minha proposta é proteger o que funciona, regenerar as estruturas que necessitam de ajustes e abandonar práticas nocivas à vida.\"

COMIDA - Apoiada por diversos coletivos de mulheres, mães e agricultoras, a campanha elegeu a alimentação como uma das prioridades. Raquel defende a produção orgânica de alimentos e, quando possível, familiar e local.

\"Já existem modelos prototipados de baixo custo e alto impacto socioambiental, escaláveis e extremamente eficientes para promover alimentação saudável e digna para todos\".


Editorias: Alimentos  Criança  Feminina  Política  Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação:

 
Fonte do release
Empresa: Tempero Cultural  
Contato: Daniela Ribeiro - Tempero Cultural  
Telefone: 11--

E-mail: daniela@temperocultural.com.br
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Enviar release