Home  Imagens  Contato  Clássico    
Quando realizar um check-up médico?

Visitas regulares a um especialista são importantes para a manutenção da saúde

Manter uma rotina de atividades físicas e uma boa alimentação são algumas maneiras de cuidar da saúde. Mas é importante não esquecer de realizar um check-up ao menos uma vez ao ano. É importante mencionar que não há um padrão pré-determinado de exames que devem ser realizados em uma avaliação de rotina, visto que esses podem variar de acordo com a necessidade de cada paciente e suas individualidades.

Segundo o ginecologista do Hospital da Mulher Anchieta, Dr. José Moura, é fundamental que haja um análise clínica, ou seja, o contato médico-paciente para melhor nortear quais são os exames necessários no momento. Assim, é sempre necessário que o paciente passe por uma consulta com especialista para que este possa conduzir seu caso da melhor forma e solicitar a lista mais recomendada. Além disso, o especialista ressalta que os exames vão depender da idade, sexo, história social e familiar do paciente. “Geralmente, são indicados os laboratoriais, que incluem glicemia, colesterol, hemograma, função hepática e renal, exames de urina e fezes”, exemplifica.

No caso das mulheres, o ginecologista aponta que para uma avaliação geral podem ser indicados o Papanicolau, após início da vida sexual; a mamografia, após os 40 anos ou antes, no caso de histórico familiar de câncer de mama; a ecografia transvaginal; a ecografia mamária, nas pacientes jovens ou para complementar a mamografia; a colonoscopia, nas pacientes que estão na menopausa; a densitometria óssea, após os 60 anos; e exames laboratoriais e hormonais completos para avaliar toda a parte metabólica.
Sobre a periodicidade, Dr. Moura indica que a mulher deve ir ao ginecologista uma vez ao ano. “Isso pode variar, dependendo da presença de alguma patologia ou algum outro quadro que necessite visitas mais regulares”, conclui.

Já para o homens, o oncologista do Hospital do Câncer Anchieta, Dr. Marcos França, sugere que, na ausência de outros fatores de risco familiar, como histórico de câncer de próstata na família em homens com idade mais precoce, a avaliação rotineira se inicie entre 40 e 45 anos de idade, com a realização de exame de toque retal, combinado com a dosagem regular do PSA para investigação de alterações na próstata. “Para os que possuem risco familiar, pode haver a necessidade de iniciar as avaliações mais precocemente, a depender de cada caso”, explica o médico.

Dr. Marcos acrescenta que a avaliação cardiológica regular deve ser feita anualmente, a partir dos 40 anos. “Caso haja histórico de problemas cardiológicos na família, essa rotina pode ser iniciada antes, de acordo com a avaliação individual de cada caso”, pontua. Além dessas investigações, a partir dos 45 anos, pode ser solicitada também a ecografia de abdômen total.


Conheça alguns exames solicitados na avaliação de rotina

Mamografia
A mamografia é considerada a ferramenta mais eficiente na detecção precoce do câncer de mama. “Geralmente, é indicada para mulheres assintomáticas entre 40 e 69 anos e não costuma ser utilizada em mulheres mais jovens devido a maior densidade de tecido mamário nesse grupo, o que pode afetar a sensibilidade do exame em detectar certas alterações. Ainda assim, pode ser uma complementação diagnóstica para mulheres abaixo de 40 anos, principalmente no caso de aparecimento de sintomas na mama, como dor mamária, alterações percebidas durante a palpação (como nódulos ou retração da pele), surgimento de secreção ou alterações nos mamilos”, explica o radiologista e especialista em imagem da mama do Anchieta Diagnósticos, Dr. Pedro Felipe Coelho Alvarenga.

Ecografia mamária
A ecografia mamária (também conhecida como ultrassonografia) é uma modalidade que utiliza a onda de som (que não é percebida pela audição humana) para produzir imagens das estruturas internas da mama. “É um exame livre de radiação, realizado por um médico radiologista e usado para diagnóstico quando aparecem alguns sinais. Além disso, complementa as alterações vistas na mamografia, como, por exemplo, determinar se um nódulo é sólido ou preenchido por líquido (cisto)”, afirma o radiologista do Anchieta Diagnósticos.

Ecografia do abdômen total
Trata-se de um exame rápido, com duração de até 15 minutos. O exame avalia órgãos como fígado, pâncreas, aorta abdominal, vesícula biliar, baço rins e bexiga urinária. \"Serve como um bom rastreamento para patologias nesses órgãos\", explica o médico radiologista do Anchieta Diagnósticos, Dr. Fernando Augusto de Albuquerque Mendes Filho. Em situações ambulatoriais, é prescrito um jejum nas 6 horas que antecedem o exame, para que a vesícula esteja com boa distensão e possa ser estudada. O jejum também funciona para evitar que o abdômen tenha gases, que podem acabar limitando a avaliação adequada dos órgãos. \"Em situações de urgência nós prescindimos do jejum por conta da necessidade de diagnóstico rápido\", acrescenta o médico. No Anchieta Diagnósticos, o laudo sai em alguns minutos após o exame.

Densitometria óssea
O procedimento é rápido, indolor e dura de 10 a 15 minutos, e diferentemente da ressonância, o aparelho de Densitometria é aberto, conveniente inclusive para pacientes que tenham claustrofobia. A radiação usada é baixa, menor que o da radiografia, e o preparo é simples, devendo-se apenas evitar a reposição oral de cálcio 2 dias antes do exame”, explica o médico radiologista do Anchieta Diagnósticos, Dr. Fernando Augusto de Albuquerque Mendes Filho.

Ressonância magnética 3 Tesla
Para auxiliar na detecção e caracterização de tumores da próstata, os especialistas contam com a ressonância magnética (RM) 3 Tesla. “A ressonância de próstata permite um aumento na detecção de tumores clinicamente significativos, melhor caracterização da lesão, biópsias mais eficazes (menos resultados falso negativos), além de selecionar para tratamento apenas os casos de tumores de próstata no momento em que realmente sejam necessários, evitando os efeitos adversos do processo”, explica a médica radiologista do Anchieta Diagnósticos, Dra. Ana Paula Damy.

Editorias: Feminina  Masculino  Negócios  Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação:

 
Fonte do release
Empresa: Imprensa Anchieta  
Contato: Imprensa Anchieta  
Telefone: --

E-mail: imprensa.anchieta@gmail.com
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Enviar release