Home  Imagens  Contato  Clássico    
40tena Cultural promove ciclo de contação de histórias em comemoração ao Dia das Crianças
Drica e Thayene

Atividades acontecem durante toda a semana, sempre às 16 horas, de 12 a 17 de outubro, pela plataforma e redes sociais da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. Histórias foram gravadas na Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida

Ribeirão Preto (SP), 09 de outubro de 2020 – A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto promove na semana do Dia da Criança várias contações de histórias para alegrar o público infantil. O Ciclo de Contações de Histórias na Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida acontece de 12 a 17 de outubro (segunda-feira a sábado), sempre às 16 horas pelo Instagram (@fundacaodolivrorp) e pela nova plataforma da entidade (https://www.fundacaodolivroeleiturarp.com/). A atividade, que faz parte da 40tena Cultural, é comandada pela dupla de contadoras, Adriana Aparecida Paim Avanci e Thayene Alves.

Todas as histórias foram gravadas dentro da biblioteca Municipal Guilherme de Almeida e fazem parte do projeto de valorização da única biblioteca municipal de Ribeirão Preto. A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto ganhou edital através do incentivo à cultura por meio do Programa de Ação Cultural – ProAC para realizar alguns projetos, entre eles, a readequação do espaço. Para isso, a instituição planejou e executou ações para organizar, adequar e equipar o espaço; bem como criou um ambiente de convivência, leitura e acesso a conteúdos digitais da biblioteca municipal. Durante a pandemia do novo Coronavírus, a Fundação irá trabalhar na formação do público digital com atividades realizadas na Biblioteca e transmitidas nas redes sociais da instituição, entre elas, o ciclo de contação de histórias em comemoração do Dia das Crianças.

Ciclo de Contações de Histórias na Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida

Ao todo, serão seis contações, com histórias diferentes. Na segunda-feira (12), Dia da Criança, a primeira história será “Uma tarde com sabor de história” – que traz aquele acalento no coração ao ouvir as histórias que Júlio ouve de sua avó. “Tudo acontece em uma tarde enquanto neto e avó fazem uma receita de doce ao som das histórias de nossa cidade”, adianta a contadora, Adriana Aparecida Paim Avanci.

Já na terça-feira (13), a história “Um homem chamado Geraldo” é a escolhida pela dupla que traz a história de João, um garoto que pensa que as coisas na vida devem acontecer na hora que ele quer e retrata ainda a história de uma das sorveterias mais famosas da cidade, a do Geraldo, que começou sua história no bairro Jardim Independência. “Quando o garoto ouve de sua mãe a história da sorveteria, ele entende que foi a paciência e a persistência que fizeram da sorveteria hoje um patrimônio cultural de Ribeirão Preto”, destaca a contadora, Thayene Alves.

Na quarta-feira (14) é o dia da “História de um teatro”, que conta quando a boneca Mila recebeu um presente inesperado e trouxe histórias encantadoras de um lugar que ela tinha muita vontade em conhecer. “Em busca do seu sonho, ela resolve embarcar em uma aventura pelo Teatro Pedro II, que neste ano completa 90 anos”, lembra Adriana Avanci.

“Uma aventura no museu” foi a história escolhida pela dupla para alegrar a tarde da quinta-feira (15), em homenagem ao MARP - Museu de Arte de Ribeirão Preto. A contadora adianta um pouco a história: “um dia enquanto Luiza, que sonha em ser artista, passeava com sua mãe pelo centro de Ribeirão Preto, as duas resolvem entrar no MARP e lá ouvem a história do museu de alguém inesperado”.

Na sexta-feira (16) é dia de conhecer como a Fazenda Francisco Schmidt se transformou em um dos museus mais importantes da cidade. “As fazendas de café – ouro verde” traz a história de um professor e historiador que contribuiu para criação e histórico do museu do Café.

Para encerrar o ciclo de atividades, no sábado (17), serão retratadas as lendas urbanas de Ribeirão Preto através da contação “Lendas urbanas de Ribeirão Preto”. Nesta história, um garoto curioso descobre novas histórias da cidade enquanto passeia com sua avó pelas ruas do centro histórico. “Casarões, teatros, cemitérios, lendas urbanas e muito mais fazem parte de um dia de aventura que renderão muitas outras histórias”, conclui Thayene Alves.

A Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida foi criada através da Lei Municipal nº 741, em 11 de setembro de 1958 e está localizada no prédio da Casa da Cultura Juscelino Kubitschek (Praça Alto de São Bento, s/nº), desde 1981.

40tena Cultural

Durante mais de sete meses de programação consecutiva, a 40tena Cultural já realizou mais de 60 atividades e interagiu com quase 24 mil pessoas. O projeto, realizado pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, tem como proposta incentivar as pessoas a ficarem em casa durante o período de isolamento social, em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19). Semanalmente são divulgadas atividades que abrangem desde as transmissões ao vivo com artistas e convidados até contação de histórias para crianças, shows, dicas e discussões de livros. Para acompanhar a programação semanal, basta acessar as redes sociais da Fundação do Livro e Leitura:

Instagram (@fundacaolivrorp)
Facebook (facebook.com/FundacaodoLivroeLeituraRP)
Linkedin (fundacaolivrorp)
Twitter (@FundacaoLivroRP)
Youtube (FeiraDoLivroRibeirao)
Plataforma http://www.fundacaodolivroeleiturarp.com

Sobre a Fundação

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Em 2020, a Feira tornou-se internacional e entraria na 20ª edição. Por isso, recebeu recentemente nova identidade, apresentando-se como FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto), mas foi remarcada para agosto de 2021 devido à pandemia do novo Coronavírus.

Com uma trajetória sólida e projeção nacional e agora internacional, ao longo de seus 20 anos, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura, com calendário de atividades durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do ProAc.

Atendimento à Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 (andrea@verbo.jor.br)
Luciana Grili (16) 99152 2707 (luciana@verbo.jor.br)
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 (valter@verbo.jor.br)
Colaboração: Gabriel Todaro

Editorias: Criança  Cultura e Lazer  Educação  Serviços  Sociedade  
Tipo: Pauta  Data Publicação:

 
Fonte do release
Empresa: Verbo Nostro Comunicação Planejada  
Contato: Verbo Nostro Comunicação Planejada  
Telefone: 16-36108659-

E-mail: valter@verbo.jor.br
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Enviar release